✉️ NEWSLETTER Assine gratuitamente e atualize-se semanalmente Assinar

Blockchain alcança a saúde e melhorias estão por vir

Publicidade

As plataformas Blockchain têm sido frequentemente citadas em sites de tecnologia e inovação após a implantação das criptomoedas e são vistas hoje como uma tendência para grandes empresas e corporações num futuro próximo. Apesar disso, alguns empresários ainda possuem dúvidas sobre estes sistemas ou mesmo dificuldades para inseri-los no processo de transformação digital de seus negócios.

De modo geral, podemos conceituar Blockchain como as plataformas de registros que asseguram a confiabilidade de operações realizadas por meio das criptomoedas (Bitcoins). Mas, a verdade é que tais sistemas tem um potencial muito mais amplo e, sua tecnologia de esclarecimento e validação de registros distribuídos, pode e já vem sendo utilizada por algumas companhias mais atentas aos movimentos de inovação.

Na área de saúde, por exemplo, é possível notar a expansão de empresas que têm adaptado seus sistemas operacionais para utilização do Blockchain. Este, aliás, é só mais um passo do setor de Healthcare em prol da passagem da computação tradicional para a cognitiva que tende a trazer uma série de benefícios para pacientes, players do mercado e para a rotina de hospitais, clínicas e laboratórios.

 Auxiliando tanto a vida de profissionais da saúde, como de pacientes, a utilização das plataformas de Blockchain oferece um potencial imenso, uma vez que, com esses sistemas, é possível organizar e otimizar todos os dados de hospitais em computadores, como se fossem blocos, que se atualizam a cada nova alteração de modo automatizado.

Quando falamos em dados, podemos pensar em informações de pacientes, como históricos familiares, exames e prontuários, pesquisas e relatórios de certas doenças, e até mesmo documentos que orientem médicos na tomada de decisões e maior facilidade em pesquisas na busca pela cura de doenças. Por meio da organização e segurança propiciada pelos sistemas de Blockchain, exames e prontuários que poderiam ser perdidos mantém-se à disposição para fácil compartilhamento. Tudo isso implica em otimização do trabalho em Healthcare, possibilidade de interação em rede e confiabilidade informacional.

Vale salientar, entretanto, que por ser uma tecnologia ainda não inserida na rotina de muitas empresas, alguns desafios em seu processo de implementação merecem ser comentados. O principal deles se refere ao fato de que a aplicação do Blockchain requer uma base técnica relevante para que esta ferramenta possa ser utilizada de modo contínuo dentro da rotina de uma empresa. Todavia, este obstáculo pode ser superado por meio de treinamento e preparação, necessidade presente em qualquer movimento de inovação.

Para concluir, resta dizer que os benefícios do Blockchain são muitos e ainda se encontram em fase de desbravamento. Certamente, é importante adotar uma visão objetiva sobre a tecnologia e adotá-la segundo aquilo que ela pode, de fato, oferecer. Com tal visão, aliás, o Blockchain já está inserido na realidade em diversas universidades americanas. Esperamos, também, que esse estudo seja aprofundado em instituições brasileiras e o uso do Blockchain se concretize na área de Healthcare, fator que só trará benefícios aos hospitais nacionais e melhor qualidade no tratamento dos pacientes.

É preciso, por fim, enxergar, de uma vez, a inovação como fator indispensável. O Blockchain, (assim como outras tecnologias da Revolução Industrial 4.0), veio para ficar. É nosso papel, pois, difundir os benefícios deste momento de transformação.

       
Publicidade

Deixe uma resposta