Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Bireme lança Biblioteca Virtual em Doenças Não-Transmissíveis

Publicidade

Durante o III Fórum Global para Prevenção e Controle de Enfermidades Não-Transmissíveis, que começou hoje e vai até o dia 12 de novembro, no Rio de Janeiro, será lançada uma ferramenta fundamental para a discussão e disseminação de informação a respeito de câncaer, câncer cervical, doenças metabólicas (como o diabetes) e doenças cardiovasculares: a Biblioteca Virtual em Doenças Não-Transmissíveis (BVS-NCD). Desenvolvida pelo Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde (Bireme) em cooperação com a Unidade de Enfermidades Não-Transmissíveis da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), a BVS reúne informação qualificada sobre o tema na América Latina e Caribe.
Operando pela Internet, a BVS-NCD permite que pesquisadores, governo, tomadores de decisão e profissionais de saúde troquem informações em tempo real, promovam debates on-line e acessem de forma gratuita estudos científicos publicados nas mais importantes bases de dados mundiais. A ampliação do número de pessoas com acesso eqüitativo a dados relevantes em saúde, contribui para para prevenir as doenças não-transmissíveis e para aumentar a qualidade de vida de pacientes e seus familiares. “Pela BVS-NCD, sera possível a troca de conhecimento entre especialistas e promotores de projetos de prevenção e controle das DNT, bem como o público em geral interessado no assunto”, explica Nádia Hommerding, gerente da BVS-NCD.
Mais informações sobre a BVS-NCD está disponível no site: http://ncd.bvsalud.org/html/en/home.html
Evento acontece até terça-feira
De hoje até quarta-feira (dia 12), o Brasil sedia o III Fórum Global para Prevenção e Controle de Enfermidades Não-Transmissíveis, no Rio de Janeiro (RJ). O objetivo é discutir a prevenção de doenças crônicas, como diabetes, obesidade, câncer e doenças do coração, que estão intimamente relacionadas à alimentação rica em gordura, sedentarismo e consumo de tabaco e bebidas alcoólicas, informa a Agência Saúde.
O encontro, promovido pela Organização Mundial da Saúde (OMS), começou ontem e faz parte de uma estratégia mundial adotada pela 53ª Assembléia Mundial de Saúde, realizada em maio de 2000.
As doenças crônicas não-transmissíveis, conhecidas pela sigla DANT, representam 59% do 56,5 milhões de óbitos calculados anualmente pela OMS. Desse total, 7,9%, ou 4,4 milhões são decorrentes do alto nível de colesterol. A hipertensão representa 13% do total de mortes, ou 7,1 milhões de perdas, e às diabetes são atribuídas cerca de quatro milhões de mortes por ano. No caso das doenças do coração, as mortes anuais chegam a 16,6 milhões, sendo que 80% destes óbitos em países de baixa e média renda.
Serviço:
O III Fórum Global para Prevenção e Controle de Enfermidades Não-Transmissíveis é promovido pela Organização Mundial da Saúde (OMS), em parceria com o Ministério da Saúde
Local: Hotel Intercontinental (Av. Prefeito Mendes de Morais, 222 – São Conrado) no Rio de Janeiro.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta