✉️ NEWSLETTER Assine gratuitamente e atualize-se semanalmente Assinar

Bionexo agrega novas funcionalidades ao marketplace de saúde

Publicidade

O marketplace, modalidade de varejo virtual na qual um operador coloca múltiplos vendedores e potenciais compradores em contato, tem se consagrado entre os consumidores brasileiros. De acordo com um estudo realizado pela Precifica, empresa de precificação inteligente, em parceria com a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), o setor cresceu aproximadamente 24%, tendo como o principal motivo os consecutivos aumentos de negócios digitais no país.

Apesar do recente destaque desses shoppings virtuais, o modelo opera há quase duas décadas no Brasil e abrange a todos os segmentos. Para atender o setor de suprimentos de saúde, a Bionexo, líder neste mercado há 17 anos, atua como um hub entre as instituições de saúde e fornecedores.

De um lado, há os potenciais compradores. São cerca de 1,5 mil hospitais, clínicas, operadoras e secretarias de saúde, e outras instituições, como day care e home care, utilizando a solução. Do outro, estão os fornecedores de medicamentos e materiais médicos, uniformes, alimentação, materiais de escritório e informática, e todos os outras classes de produtos necessárias para a operação adequada das companhias do setor. No total, são mais de 20 mil vendedores credenciados.

Ainda assim, a Bionexo, que está presente em todos os estados brasileiros e mantém operações em outros quatro países – Argentina, Colômbia, Espanha e México –, sentia que era preciso acompanhar a evolução do mercado. Mesmo processando cerca de 2,5 mil cotações diárias em sua plataforma, entendia que a transformação do negócio exigiria uma postura cada vez mais digital e um mindset renovado. Desta forma, em maio de 2014 iniciou a transição: deixou de ser uma empresa de saúde para se tornar uma empresa de tecnologia que atua na área da saúde.

Esta mudança foi possível ao optar pela construção de uma nova plataforma. “Tomamos essa decisão, pois a nossa plataforma tinha a mesma idade da Bionexo, 14 anos na época”, explica Fabio Trentini, CIO da Bionexo. “Era necessário algo que fosse mais modular, escalável e que expandisse junto com o crescimento da empresa”.

Para construir a nova plataforma, a empresa contratou a Plataformatec, líder em desenvolvimento e consultoria de software. “Precisávamos agregar código e trazer uma cultura digital para dentro da Bionexo. E a Plataformatec conseguiu realizar esta inserção”, relembra Trentini.

Segundo Hugo Baraúna, diretor de marketing e vendas da Plataformatec, este foi um projeto que não apenas desafiou a sua equipe, como proporcionou aprendizados mútuos. “Ser a empresa eleita para apoiar a mudança não apenas do software como cultural da Bionexo, fez com que pudéssemos ir além do desenvolvimento – ajudamos com capacitação e organização interna, compartilhando experiências e conhecimento dentro da nossa área de atuação, algo intrínseco em nossos times”, complementa.

A nova interface, com design mais leve e funções simples, proporciona aos clientes e fornecedores redução do tempo de resposta das cotações, o que representa ganho e satisfação para todos. Além desses benefícios, a nova versão da plataforma da Bionexo agregou mais valor à empresa, uma vez que o software é a base de receita neste modelo de negócio.

 A migração da plataforma

A forma como se desenvolvia software nos anos 2000 mudou completamente. A plataforma antiga da Bionexo foi escrita em Java, de modo monolítico e pouco estruturado, o que tornava complexo efetuar as mudanças e evoluções requeridas.

Para agilizar, melhorar o negócio e entregar o máximo de valor aos clientes, a opção escolhida para a nova versão foi o Ruby on Rails, na qual a Plataformatec é referência nacional e internacional. O Ruby on Rails é uma ferramenta que permite desenvolver aplicações web de forma mais dinâmica e simplista.

O projeto de migração de um marketplace é bem mais complexo quando comparado a outros tipos de produtos digitais. O primeiro grande desafio para a Plataformatec era o de auxiliar na transição de mais de 880 customizações da plataforma clássica para a nova, de forma que esta compreendesse todas customizações.

Outro desafio ainda está em curso: as integrações entre as plataformas antiga e nova. Elas coexistem, com um lado da cadeia presente na plataforma antiga e o outro lado já na nova. A migração dos fornecedores já foi completamente executada, tendo sido finalizada em dezembro de 2016. Neste ano, foi iniciada a migração dos compradores, que será concluída em 2018.

“De nada adiantaria ter os fornecedores na plataforma nova se eles não conseguissem conversar com o outro lado, os compradores”, ressalta Trentini. Além disso, outras funcionalidades, que não eram utilizadas, serão excluídas do projeto, com o foco numa plataforma mais simples.

A Bionexo já realizou um estudo de satisfação com seus fornecedores e recebeu excelentes avaliações, principalmente no quesito eficiência. Agora, eles respondem mais cotações em menos tempo. A companhia acredita que o impacto nos negócios será muito maior com a migração dos potenciais compradores e essas novas funções agregadas.

O modelo de receita da Bionexo é por assinatura mensal de hospitais e fornecedores, independente do valor transacionado dentro da plataforma. Inicialmente, um determinado valor é cobrado. Posteriormente, o cliente pode escolher por algum dos diferentes pacotes mensais disponíveis. Esta é uma outra mudança decorrente da transição da plataforma. Anteriormente, havia mais de 20 tipos de planos, mas a empresa aproveitou para readequá-los. “Essa alta quantidade criava uma ineficiência operacional muito grande. Agora, temos apenas quatro modalidades de pacotes dentro da plataforma nova. Isso tem ajudado muito a equipe comercial, especialmente”, diz Trentini. Muitos clientes, inclusive, já fizeram upgrades de seus planos.

Por dentro do marketplace da Bionexo e a parceria com a Plataformatec

Na plataforma de marketplace da Bionexo, as instituições compradoras inserem os itens que pretendem comprar, a quantidade item a item e o total de produtos da compra. Assim que são inseridas na plataforma, os vendedores recebem estas cotações, que podem conter de um a milhares de itens e começam a responde-las.

Os compradores somente conseguirão visualizar as respostas e tomar suas decisões de compra ao final do ciclo de cotação, fechando a compra dentro da própria plataforma – processo este que teve altos ganhos com a migração da plataforma.

A partir da parceria com a Plataformatec, a Bionexo pôde otimizar sua operação interna, com a introdução do conceito Agile, o qual prevê melhores práticas de desenvolvimento, metodologia e procedimentos, assim como mensurar e a entender melhor a previsibilidade de entregas de software. Agora, a cada novo ciclo, suas equipes trabalham de modo a aumentar gradativamente a eficiência.

 “A escolha pela Plataformatec foi um dos grandes ápices do projeto. A equipe nos auxiliou muito no desenvolvimento e na evolução de nossos produtos digitais, que são a base de receita do nosso negócio”, afirma Trentini.

       
Publicidade

Deixe uma resposta