Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Baumer prevê ampliar exportações para os EUA

Publicidade

Com um volume de R$ 5 milhões em venda de equipamento médico-hospitalar e produtos de ortopedia no ano passado, a Baumer leva novas tecnologias para feira nos Estados Unidos, com objetivo de incrementar vendas aos países latinos. Países da América do Sul e Central foram responsáveis por 40% das exportações da empresa, que alcançou 12% do faturamento total e mantém previsão de fechar 2004, com 18%. Uma das principais novidades que a empresa levará a FIME 2004 – Florida International Medical Expo , que começou ontem e vai até o dia 19, em Miami, Flórida, é a linha de biomateriais não metálicos para o mercado ortopédico e odontológico. São produtos compostos por osso bovino liofilizado desproteinizado e osso bovino desmineralizado, fatores de crescimento, barreiras biológicas absorvíveis, aglutinantes e hidroxiapatita absorvível e não absorvível. Todos os produtos podem ser utilizados isoladamente ou em combinação com outros, de modo a fornecer uma alternativa para o enxerto ósseo autógeno.
Na área de ortopedia serão apresentadas soluções para casos de joelho, quadril e coluna. A linha de equipamento médico hospitalar é a mais conhecida da Baumer no mercado latino, por ter sido a primeira a ser exportada há 25 anos. Dentro deste segmento destacam-se as autoclaves para esterilização hospitalar e da indústria farmacêutica e química por processos por formaldeído e termodesinfecção, com impressão em tempo real dos parâmetros de processo, compatível as exigências das normas internacionais. O mercado latino também conhecerá as autoclaves para o tratamento de resíduos sólidos de saúde, como alternativa mais econômica e sem poluição ao meio ambiente, em relação aos incineradores.
O diretor comercial da Divisão Ortopedia e Genius, Wagner Mazolli, estima que a venda nominal de produtos e equipamento para os países latinos deve ter um aumento da ordem de 30% nos próximos meses, mas há uma previsão de redução do percentual de participação deste mercado nas exportações da empresa já a partir deste ano. Isto ocorrerá em decorrência do incremento de abertura de novos mercados que vem ocorrendo junto aos países do leste europeu, África e Ásia.
Atualmente a empresa mantém exportações para os seguintes paises latinos: Argentina, Colômbia, Venezuela, Peru, Bolívia, Paraguai, Uruguai, Chile, Equador, Nicarágua, Panamá, Cuba, Costa Rica, El Salvador, Guatemala, República Dominicana, México.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta