Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Banco Santos lança fundo de renda fixa em benefício do IBCC

Publicidade

O Banco Santos lançou um Fundo Social de Renda Fixa para favorecer o Instituto Brasileiro do Controle do Câncer (IBCC). Com aplicação mínima de R$ 1 mil e movimentação mínima de R$ 500, o fundo irá repassar mensalmente para a entidade 80% da taxa de administração cobrada, que foi fixada em 1,25%. Segundo o diretor-executivo da Santos Asset Management, Carlos Eduardo Guerra, a expectativa do banco é alcançar nos primeiros 30 dias um patrimônio de R$ 10 milhões. O fundo não terá carência e já será aberto com um patrimônio de R$ 3 milhões. A responsabilidade social é o principal atrativo de uma nova safra de fundos de investimentos do Banco Santos que transforma o exercício da cidadania numa aplicação rentável. Com esse novo produto, a instituição passará a contar com quatro produtos sociais voltados para projetos de diferentes áreas. O primeiro tem uma conotação social ? cidadã; o segundo, é voltado para a questão social-educacional; e este novo tem uma conotação social com enfoque para a saúde. Até o primeiro semestre do ano que vem, o Banco Santos irá disponibilizar um fundo social engajado a uma causa ecológica.
Os fundos sociais do banco são: o Pró Amem, o Princípio, o fundo Cultural Santos Iepes e agora o Fundo IBCC. O primeiro produto é um fundo de renda fixa e reverte 100% da taxa de 1,5% cobrada dos cotistas para a Associação Menor pelo Esporte Maior (Amem) de São Paulo, que abriga crianças carentes. Já o Princípio, também de renda fixa, é administrado pelo Santos, mas distribuído pelo Banco Bonsucesso de Minas Gerais, e doa 100% da taxa de gestão para o Instituto Princípio de Cidadania Empresarial, uma entidade sem fins lucrativos criada pela federação das Indústrias de Minas Gerais, com o objetivo de aplicar recursos provenientes do fundo em projetos ligados à infância e adolescência do Estado. O terceiro fundo é voltado para o Instituto de Estudos Políticos e Sociais (Iepes), do Rio de Janeiro, e destina 80% da taxa para os projetos culturais da instituição.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta