Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Aumento do número de casos de dengue preocupa cariocas

Publicidade

A preocupação da população do Rio de Janeiro com a dengue tem aumentado proporcionalmente ao registro de casos suspeitos da doença. Somente na primeira quinzena de dezembro, foram recebidas 63 reclamações no Disque-Água Parada, serviço que recebe denúncias sobre possíveis focos da doença em imóveis que estejam fechados ou abandonados.
e receba os destaques em sua caixa de e-mail.
O receio da população se justifica pelo aumento no número de casos neste mês. Segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde, já foram registrados 266 casos, sendo que, em dezembro do ano passado, foram apenas 25.
A maioria das ligações para o Disque-Água Parada vieram, principalmente, da Ilha do Governador, na zona norte, de Jacarepaguá e do Recreio dos Bandeirantes, na zona oeste da cidade. As denúncias são encaminhadas por ofício para a secretaria para que providências sejam tomadas.
Segundo a secretaria, os bairros que registraram maiores taxas de infestação ao longo do ano foram a Gamboa, na zona portuária, Jacarepaguá e Bancários, na Ilha do Governador. Em um grupo de 100 mil pessoas, a taxa de infestação desses bairros foi, respectivamente, de 384, na Gamboa e 216, em Jacarepaguá e Bancários. Os bairros da Urca, na zona sul, Jacaré e Bonsucesso, na zona norte, também tiveram um alto índice: 146, 170 e 165, respectivamente.
As ações de combate à dengue no município incluem visitas de inspeção dos agentes de saúde, mutirões e ações educativas. Em 2010, até outubro, foram realizadas mais de 3,5 milhões de inspeções. De acordo com a prefeitura, o fumacê começou a ser utilizado há dois meses em Jacarepaguá e, atualmente, está circulando em bairros da zona sul. O equipamento será usado em 47 bairros até o final do verão.
De 3 de janeiro até 18 de dezembro de 2010, foram notificados 27.824 casos suspeitos de dengue em todo o estado. Dos 92 municípios do estado, 25 (27,2%) apresentam alta incidência da doença. As cidades com os maiores números absolutos de casos notificados foram Campos dos Goytacazes, Rio de Janeiro, São Gonçalo, Tanguá, Niterói, Macaé, Itaperuna, Itaboraí, Duque de Caxias, Cabo Frio e Belford Roxo.
Você tem Twitter? Então, siga http://twitter.com/#!/sb_web e fique por dentro das principais notícias de Saúde

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta