Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Associação de drogas para aliviar a dor pós operatória

Publicidade

Com a introdução da anestesia há mais de um século nos procedimentos cirúrgicos, a dor intra operatória deixou de ser um fantasma para pacientes. No entanto, a dor pós-operatória, durante muito tempo, continuou sendo uma questão bastante discutida entre médicos e ainda preocupando pacientes.

Na próxima segunda-feira (20/9), o médico intensivista e especializado em anestesiologia, Dr Luis Fernando Oliveira, professor de Farmacologia e coordenador do Ambulatório de Dor da UERJ, participará da Sessão Científica CTI-UI do Hospital Samaritano, a partir das 19 horas, na qual abordará a “Fisiopatologia e Tratamento da Dor no Pós Operatório”.

Na ocasião, o especialista discutirá sobre uma melhor compreensão da fisiologia da dor pós-operatória, como avaliá-la e quais as drogas mais indicadas com menor risco de efeitos colaterais.

Quem estará conduzindo as questões do público presente e à distância será o médico intensivista e cirurgião geral, Dr. Ricardo Lima, coordenado da CTI do Hospital Samaritano. “Entendemos que a dor é prevalente em uma CTI/UTI em pacientes pós operatórios e, muitas vezes, é sub avaliada. As drogas apresentam significativos efeitos colaterais e, por isso, devem ser tituladas e associadas para garantir alivio ao paciente sem causar danos. Por isso, esse estudo tem merecido destaque nos últimos anos”, explica.

A aula também poderá ser acessada via Internet no 20/9, a partir das 19 horas, no caminho HTTP://ead.rptecnologias.com.br:85/ctisamaritano.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta