HIS17 Já emitiu sua credencial gratuita para o HIS '17? Já são +1.800 profissionais! Clique aqui

Contax realiza “Pesquisa Viver Bem Melhor” com os funcionários

Publicidade

A área de serviço de medicina ocupacional da Contax lançou pioneiramente no Brasil a “Pesquisa Viver Bem Melhor”. A ação tem como objetivo entender e mapear a relação dos colaboradores com o ambiente de trabalho. Com isso, a empresa espera elencar os principais fatores que afetam de maneira positiva e negativa os colaboradores nos quesitos bem-estar físico, mental e social.

“A Contax tem uma grande preocupação com seu maior patrimônio, os colaboradores. O intuito da empresa com a aplicação da pesquisa é ajudar os funcionários a lidarem de maneira mais efetiva com os diferentes desafios diários”, destacou Dr. Glauco Callia, gerente do Serviço de Medicina Ocupacional da Contax.

Durante a realização dos exames periódicos, que acontecem em cada unidade da empresa, os funcionários receberão uma pesquisa que deverá ser preenchida com informações cotidianas sobre a função exercida e da vida pessoal. Entre os questionamentos a serem respondidos na pesquisa global de qualidade de vida, estão informações que envolvem aspectos sociais e de saúde, pertinentes ao cotidiano de cada função.

“A ‘Pesquisa Viver Bem Melhor’ não aponta apenas um diagnóstico da saúde dos funcionários da empresa, ela indica, principalmente, as oportunidades de melhoria em relação às atividades realizadas profissionalmente e, também, no âmbito pessoal.  A ação tem papel fundamental para determinar como a empresa pode desenvolver esses aspectos e atuar na melhoria da qualidade de vida de seus colaboradores”, complementou o médico.

Com as informações em mãos, os médicos poderão avaliar individualmente cada caso. E, dessa maneira, atuarão de maneira preventiva. Além disso, será possível apoiar os colaboradores com informações atuais e indicação de especialistas.

A pesquisa é baseada na metodologia “HSE Standards Indicator Tool”, estratégia de qualidade de vida indicada pelo HSE (Health and Safety Executive), agência Inglesa de saúde do trabalho. A metodologia é considerada eficaz no suporte emocional que dá aos trabalhadores nas regiões onde é implementada. A análise também tem sido utilizada por pesquisadores em grandes instituições como a Universidade de Nothingan, Birmingham e Aston. A ação foi trazida para Contax após intercâmbio entre a área de serviço de medicina ocupacional da empresa com a ROSPA (Royal Society For the Prevention of Accidents).

 

 

Andrei Passig, diretor de Recursos Humanos da Contax, destaca que a realização da pesquisa demonstra a forte preocupação que a empresa dedica aos seus colaboradores. “É de extrema importância sermos pioneiros na implementação de ações de medicina ocupacional. A ação reforça o nosso empenho em aprimorar cada vez mais o bem-estar do funcionário”, completa.

       
Publicidade

Deixe uma resposta