Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Após discórdia, liminar prevê volta dos atendimentos

Publicidade

Após anúncio de que cinco hospitais do Distrito Federal não iriam mais atender os beneficiários da Cassi até que as negociações dos reajustes das tabelas sejam finalizadas, a juíza substituta da 6ª Vara Cível de Brasília proferiu liminar determinando ao Hospital Brasília e ao Hospital Carpevie o pronto restabelecimento dos serviços prestados a estes beneficiários, sob pena de multa diária no valor de cinco mil reais.

A juíza reconheceu que a suspensão imediata dos serviços contratados pode ensejar a configuração de danos graves aos associados e dependentes do plano de assistência de saúde que possam vir a precisar de assistência médica e hospitalar nos referidos hospitais conveniados.

 

 

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta