Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Anvisa suspende venda e fabricação de produtos hospitalares

Publicidade

A fabricação e venda de todos os produtos das empresas Univent Equipamentos Médicos e Cardiotec Eletromedicina foram suspensas por determinação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). As inspeções da agência verificaram que as mercadorias dessas empresas, sediadas em São Paulo, eram comercializadas sem registro. As informações são da Agência Saúde. A Anvisa também suspendeu alguns produtos da DMS Brasil Informática, entre eles o central de holter, sistema de análise de arritmia computadorizada, holter de pressão arterial, gravador de holter analógico e digital, loop gravador de eventos, central de UTI cardiológica e CardioScan. Apesar de indicados para utilização em tratamentos de pacientes com problemas cardíacos, os aparelhos também não possuíam registro.
As empresas Comaho Comércio de Materiais Hospitalares e Paulistinha Comércio e Serviço receberam ordem de suspensão da venda e distribuição de todos os seus produtos. O motivo para a decisão é que as empresas estão comercializando os materiais sem obedecer aos critérios de reutilização estabelecidos pela vigilância sanitária. A Farmace Indústria Químico-Farmacêutica Cearence deve retirar imediatamente do mercado o lote n° 02H0909/4 do soro Glicose 5%, pois análises laboratoriais detectaram a presença de partículas escuras em suspensão no líquido.
O recolhimento dos produtos deve ser providenciado pelas próprias indústrias. O desrespeito às determinações da Anvisa pode acarretar notificação e multas de R$ 2 mil a R$ 1,5 mil.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta