Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Anvisa suspende anestésico Lidocaína

Publicidade

Foi suspenso temporariamente pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) a comercialização e uso dos medicamentos Lidocaína spray 500 ml, Lidocaína 10% solução 500ml e Lidocaína 2% Gel 120g, da empresa Medicminas Equipamentos Médicos Ltda, com sede em Belo Horizonte (MG). De âmbito nacional, o alerta é para que os lotes estocados nos hospitais não sejam usados. São 11 os estados que não devem fazer uso dos produtos: Bahia, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio Grande do Sul, São Paulo e Tocantins. A suspensão foi feita devido a morte de três pessoas no último dia 12, no hospital do município de Itagibá, sul da Bahia, após o uso do medicamento para diminuir o desconforto e os reflexos do esôfago durante os exames de endoscopia.
A Anvisa e as Vigilâncias Sanitárias estaduais da Bahia e Minas Gerais estão fazendo análises do medicamento e apurando a causa das mortes. Qualquer relato de reações adversas por uso desses medicamentos devem ser notificados a Agência, pelo site www.anvisa.gov.br, no link Eventos Adversos.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta