Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Anvisa e Polícia Federal atuam em operação contra venda ilegal de medicamentos pela internet

Publicidade

A Polícia Federal, em uma operação articulada com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, identificou 60 pontos clandestinos de venda ilegal de medicamentos e produtos sem registro pela internet.  Os pontos de comercialização foram localizados em dez municípios nos estados de Minas Gerais, Espírito Santo, Piauí, Pernambuco, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.
A operação, denominada Placebo, teve início há nove meses com o rastreamento de 22 anunciantes da internet e com a monitoração dos pontos. Produtos como anfetaminas, estimuladores sexuais e medicamentos abortivos estão entre os placebos.
Para a operação, a Anvisa mobilizou cerca de 40 servidores para cooperar tecnicamente. Além Além de adulteração ou falsificação de medicamentos e produtos, há suspeitas de contrabando.
De acordo com a Lei 9677/98 do Código Penal esse tipo de crime é considerado hediondo contra a saúde pública. Os locais que estiverem comercializando medicamentos falsificados e sem registro terão suas atividades encerradas e ainda podem pagar multas, que variam de R$ 2 mil a R$ 1,5 milhão dependendo da gravidade do caso e dos possíveis antecedentes e irregularidades sanitárias.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta