Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Anvisa apreende medicamento Cialis falsificado

Publicidade

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), em conjunto com as Vigilâncias Sanitárias do estado do Rio Grande do Sul e do município de Porto Alegre, apreenderam 37 caixas de falsificações do medicamento Cialis. O produto, originalmente fabricado pela empresa Eli Lilly do Brasil Ltda., é usado para tratamento da disfunção erétil. A descoberta da falsificação do medicamento veio após a denúncia de um usuário que notou diferenças na embalagem do produto. No lote 053787 do medicamento verdadeiro a data de vencimento do produto era até novembro de 2005, enquanto o lote falsificado traz validade até abril de 2007. O outro lote copiado pelos falsificadores é o A099680. Nesse caso, as diferenças entre a embalagem verdadeira e a falsa são menores. Como se trata de um produto falsificado, o conteúdo do medicamento é desconhecido.
Em caso de dúvida ou suspeita sobre o produto, o usuário deve fazer a denúncia para o serviço de atendimento ao consumidor do laboratório Eli Lilly (pelo número 0800 709 3636) ou para a Anvisa (pelo e-mail: gfimp@anvisa.gov.br).

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta