Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

ANS estabelece prazo para Samcil vender carteira

Publicidade

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) determinou prazo até a próxima sexta-feira (29) para que a Samcil negocie sua carteira de beneficiários. Desde janeiro deste ano, a Samcil está em regime especial de Direção Fiscal, sendo acompanhada por um profissional nomeado pela ANS em razão de graves problemas econômico-financeiros.  

No último mês, a operadora fechou a porta do hospital Panamericano, o principal do grupo, localizado em São Paulo. Segundo informações do jornal O Estado de S. Paulo, estima-se que cerca de 90% da rede credenciada tenha cancelado o atendimento por falta de pagamento.

A diretoria colegiada da ANS determinou a alienação da totalidade da carteira de beneficiários da Samcil, dando prazo de cinco dias. Se ao final desse período a carteira não tiver sido negociada, a ANS fará uma oferta pública, convocando operadoras interessadas em ofertar propostas de novos contratos aos beneficiários da Samcil.

De acordo com comunicado da ANS, para adquirir a carteira da Samcil, a operadora deverá:

  • possuir situação econômico-financeira saudável

  • manter integralmente as condições dos contratos sem quaisquer restrições de direitos ou prejuízos aos beneficiários

Os beneficiários devem manter o pagamento de seus boletos para que garantam o direito à migração para uma nova operadora. A ANS também poderá instituir a portabilidade especial de carências para todos os beneficiários da Samcil no caso de não aparecerem empresas interessadas em adquirir a carteira. A medida visa manter a assistência e garantir o atendimento aos beneficiários.

Atualmente, a Samcil tem 193.641 beneficiários fortemente concentrados no Estado de São Paulo.

Leia mais:

Morre presidente da Samcil

Samcil fecha hospital Panamericano

Samcil atrasa salários de funcionários

Samcil em meio a dívidas

ANS vai intervir na Samcil para evitar falência

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta