Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Analógicos ainda somam grandes negócios na Carestream

Publicidade

“A JPR [Jornada Paulista de Radiologia] representa pelo menos 30% do nosso negócio anual em equipamentos, sendo considerado o mais importante centro de negociações da nossa empresa”, considera o diretor geral no Brasil e gerente de Canal para a América Latina da Carestream Health, Álvaro Sugai.

Uma das estratégias da empresa é disponibilizar grande parte da sua corporação para acompanhar de perto o processo de venda, que tem batido recorde nos últimos anos. “A movimentação que estamos presenciando nos faz estimar uma ultrapassagem destes 30%.”   

Para Sugai, a Carestream Health está bem representada em termos percentuais no Brasil, mantendo uma boa posição no mercado de analógico e digitalização. O reposicionamento da economia brasileira impacta diretamente no acesso a saúde, refletindo num maior número de procedimentos. “O Brasil representa quase 50% da America latina, é o único país com essa representatividade. É o grande país no momento, não tenho dúvidas.”

Até mesmo os produtos analógicos da companhia continuam em pleno crescimento no mercado brasileiro. A expectativa da Carestream era de que em 2010 fosse registrado um decréscimo do filme analógico, mas os resultados obtidos no primeiro trimestre do ano mostram o inverso.  

De acordo com o executivo, isso demonstra que a transição do digital começou sim no Brasil, Chile e México – considerados líderes em conversão digital -, mas ainda existe uma massa “imensa” de filme para serem mudados para a nova tecnologia. “Isso requer muito investimento e planejamento, e a crise do ano passado deu uma atrapalhada nesse processo. Todas as instituições que estavam prontas para investir na tecnologia deram uma segurada, mas já estão retomando. É um caminho sem volta”, afirma.

Um dos planos da Carestream Health até 2015 é buscar a tecnologia digital voltada para o procedimento de Raio X – representado por cerca de 65% do mercado mundial. “Queremos entrar de vez na conversão digital e para isto não podemos se quer pensar em estar fora do mercado latino americano. Temos um portfólio completo e estamos prontos para crescer. Investimento tem sido feito e vai continuar sendo feito.”

O crescimento estimado no faturamento da companhia é de 11%, em relação a 2009.

Você tem Twitter? Então, siga http://twitter.com/SB_Web e fique por dentro das principais notícias do setor.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta