Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

ANÁLISE ECONÔMICA MOSTRA O CUSTO-BENEFÍCIO DA TERAPIA DE RESSINCRONIZAÇÃO CARDÍACA

Publicidade

O European Heart Journal publicou os resultados da análise de custo-beneficio do estudo REVERSE que demonstrou pela primeira vez que o beneficio em termos de sobrevida e qualidade de vida são superiores ao custo do procedimento denominado terapia de ressincronização cardíaca (CRT) em pacientes com insuficiência cardíaca levemente sintomática.

Os resultados do estudo mostraram que os pacientes com CRT sobreviveram quase um ano completo de vida (0,94) a mais, em comparação com o grupo que não recebeu o dispositivo, a um custo adicional de €11.455 num período de 10 anos.

O estudo REVERSE foi patrocinado pela MEDTRONIC. Trata-se de um estudo global, randomizado, duplo-cego, realizado em grande escala e que comprova os benefícios da CRT na melhora da função cardíaca, redução no tamanho do coração e melhora na eficiência de bombeamento em pacientes com insuficiência cardíaca assintomática ou leve.

Nesta investigação, 262 pacientes europeus foram randomizados para receber a terapia CRT ou ter a terapia suspensa por 24 meses. A análise econômica foi baseada em dados clínicos que mostraram um agravamento da insuficiência cardíaca aos 24 meses em 34% dos pacientes que não receberam a terapia CRT, comparado com 19% de pacientes que receberam esse tratamento. Além disso, o tempo para a primeira internação por insuficiência cardíaca foi significantemente maior no grupo tratado com CRT do que no grupo não tratado.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta