Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Amil moderniza sede com wireless e VoIP

Publicidade

Com o objetivo principal de estar em dia com as novas tecnologias, a empresa de assistência médica Amil optou por adotar soluções wireless e de VoIP (voz sobre IP) em sua sede, no Rio de Janeiro. Além de acompanhar a evolução da comunicação, a empresa pretende, a partir dos novos recursos, reduzir custos. “Nós não somos os pioneiros em implementar essas tecnologias, pois esperamos elas amadurecerem primeiro”, explica Marco Antonio Pereira, gerente de tecnologia da Amil. A idéia de evoluir os sistemas de comunicação ocorreu com a mudança da sede para um novo prédio, no bairro da Barra da Tijuca, em julho de 2002. Nessa época, a Amil procurou a integradora Telsinc, a qual, em parceria com a Cisco Systems, implementou uma infra-estrutura wireless para que os diretores pudessem acessar a rede corporativa a partir de notebooks.
A ferramenta permite aos usuários acessar a rede de qualquer lugar. Além disso, há a possibilidade de interatividade sem a instalação de cabos e execução de obras de infra-estrutura. Placas de rede wireless (PCMCIA), são instaladas no interior dos notebooks e por meio de um aparelho com duas antenas localizadas no interior da empresa se faz a conexão. Para implementar a tecnologia foram necessários dois dias, tempo para disponibilizar as antenas de rede e instalar os dispositivos nos laptops. No dia 7 de agosto o serviço já estava implementado. De acordo com o gerente de tecnologia da companhia, a solução será somente para diretoria e gerência, por razões de segurança.
A empresa gastou US$ 10.722,40 para implementar a solução sem fio, em contrapartida, afirma ter reduzido os custos de cabeamento para a conexão. Hoje, as reuniões da diretoria, no Rio de Janeiro, são coordenadas por notebooks equipados com a tecnologia que permite atender a até 40 usuários. O escritório da empresa, na cidade de São Paulo, também vai ser beneficiado com esse avanço tecnológico, em 2004, com a mudança de prédio na capital paulista.
Outra tecnologia adotada recentemente pela companhia de seguro-saúde é a VoIP. “Há duas semanas foi adotada e nosso objetivo é reduzir os custos”, almeja Pereira. Agora quem ligar, de qualquer cidade, para esclarecer alguma dúvida sobre os serviços prestados pela seguradora será transfeido para a central de atendimento, situada no Rio de Janeiro, sem nenhum custo adicional. Os operadores da central também podem deslocar a chamada original para a cidade ou Estado, no qual a pessoa terá seus problemas solucionados.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta