Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Ameplan Saúde – Reestruturação necessária

Publicidade

O crescimento da empresa e o desaquecimento do mercado devido à crise mundial são os principais motivos que levaram a Ameplan Saúde projetar sua reestruturação. A operadora de planos de saúde informou que está reavaliando suas contas e se preparando para a competitividade que existe no mercado. Com início em agosto passado, a reestruturação da empresa visa reduzir custos, realizar fusão de departamentos e cancelamento de contratos – tanto de clientes empresariais com alta sinistralidade como prestadores que dão prejuízo.

As primeiras unidades a serem fechadas foram a Ipiranga e a Adolfo Pinheiro, em Santo Amaro. De acordo com informações da assessoria de imprensa da operadora, outras três unidades deverão ser interditadas ainda este ano.

Um exemplo de fusão de departamentos é o setor de cadastro e faturamento. “A controladoria também está fundida. Antes tínhamos uma controladoria para assistência médica e outra para hospitais”, afirma a comunicação da Ameplan.

E ainda, o processo de redução de despesas foi significativo e abrangeu todas as áreas e centenas de contratos com valores baixos foram renegociados, por gerarem contas altas, onde o prejuízo era inevitável.

De acordo com a Ameplan, ao avaliar as contas foi constatado que apesar do crescimento a rentabilidade estava caindo devido a fatores como aumento dos custos administrativos, inchaço da estrutura de atendimento e contratos com baixos índices de desempenho e alta sinistralidade.

Prevista para ser concluída até o final de 2009, a reestruturação conta com o apoio de sua atual equipe de colaboradores, médicos e prestadores.

Você tem Twitter? Então, siga http://twitter.com/SB_Web e fique por dentro das principais notícias do setor.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta