Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Ambulatórios de hospitais estaduais de Pernambuco estão fechados

Publicidade

Sem avanços nas negociações entre servidores e o Governo Estadual, recomeçou nesta segunda-feira, 13 de março, a greve dos 28 mil servidores da saúde em Pernambuco. Os ambulatórios do Hospital da Restauração, a principal emergência pública do estado e do Hospital Agamenon, em Casa Amarela estão fechados. A greve por tempo indeterminada atinge as unidades de saúde e os cinco maiores hospitais da Região Metropolitana do Recife. São eles: Restauração, Otávio de Freitas, Agamenon Magalhães, Getúlio Vargas e Barão de Lucena. Na maioria dos hospitais, as emergências estarão funcionando com apenas 30% da capacidade e os atendimentos ambulatoriais estão suspensos.
O principal impasse é em relação ao reajuste salarial. Além disso, os servidores reivindicam o envio do projeto de implantação do Plano de Cargos e Carreiras (PCC) para a Assembléia Legislativa. A decisão de colocar a greve em prática veio depois que o governo estadual divulgou a proposta de reajuste salarial para os servidores. O aumento no salário base seria de R$ 174 para R$ 300 no nível elementar, R$ 201 para R$ 350 no nível médio, e R$ 542 para R$ 900 no nível superior (com exceção dos médicos). Eles querem que as remunerações subam para R$ 350 (nível elementar), R$ 600 (nível médio) e R$ 1.250 (nível superior).

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta