Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Ambientes de trabalho ruidosos podem causar perda auditiva

Publicidade

Segundo o Censo 2000 do IBGE – último levantamento realizado pelo instituto -, aproximadamente 24,6 milhões de pessoas, ou 14,5% da população total do Brasil, apresentaram algum tipo de incapacidade ou deficiência. Deste total, mais de 5 milhões apresentaram deficiência auditiva, sendo cerca de 3 milhões de homens e quase 2,8 milhões de mulheres. Entre todos os brasileiros com algum grau de deficiência auditiva, um pouco menos de 170 mil se declararam surdos.

Neste contexto, o Grupo Microsom, uma das mais conceituadas empresas de soluções auditivas do Brasil, alerta que a perda da audição pode ocorrer em ambientes de trabalhos ruidosos, como em obras, fábricas e até mesmo nas empresas de call center – onde muitas vezes o funcionário estende seu período de trabalho, que não pode ultrapassar seis horas por dia para não comprometer a audição.

“Os sons agudos são os primeiros que os trabalhadores expostos a ambientes barulhentos começam a deixar de perceber, como campainhas, apitos e telefone. Caso a exposição se estenda por mais tempo, o indivíduo pode comprometer até mesmo o reconhecimento das frequências da fala. Além disso, zumbidos e tonturas são outros sintomas que podem surgir”, explica a fonoaudióloga do Grupo Microsom, Maria do Carmo Branco.

De acordo com a Secretaria de Gestão Pública do Estado de São Paulo, a perda auditiva induzida pelo ruído (PAIR) é a diminuição gradual da capacidade de ouvir em razão de uma longa exposição a ruídos sem a devida proteção.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta