Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Albert Einstein adquire nova tecnologia para tratamento do câncer

Publicidade

O Hospital Israelita Albert Einstein, de São Paulo, adquiriu recentemente o Micromulti-leaf, um dispositivo que acoplado ao acelerador linear para Radioterapia com Intensidade Modulada de Feixe, o IMRT Dinâmico, permite focar a radiação em tumores de pequenas dimensões. O equipamento é dotado de lâminas milimétricas que, ao se abrir e fechar, modulam com extrema precisão a intensidade e o foco da radiação reduzindo riscos de destruição dos tecidos saudáveis e aumentando chances de cura de lesões de próstata, neuro-pediátricas e de pescoço e cabeça, informa a assessoria de imprensa do hospital.
O IMRT é um refinamento da técnica de radioterapia tridimensional conformada. Uma vez definidos o tumor e os órgãos normais na tomografia de planejamento, e escolhida a melhor combinação de campos de irradiação, o médico radioterapeuta informa ao programa de computador qual a dose mínima e máxima que devem ser aplicadas ao tumor, bem como qual a dose de tolerância dos tecidos sadios.
“Com essa nova aquisição, o parque tecnológico do Departamento de Oncologia do Hospital Israelita Albert Einstein (HIAE) passa a oferecer o mesmo que os mais especializados centros do mundo disponibilizam para diagnóstico e tratamento do câncer”, afirma Dr. Claudio Lotenberg, presidente da Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Hospital Albert Einstein.
Além de melhor resultado clínico a nova tecnologia traz conforto ao paciente durante o processo de tratamento da radioterapia. O Micromulti-leaf integrado ao IMRT Dinâmico possibilita uma diminuição significativa do tempo de exposição do paciente à radioterapia. O que se fazia em cerca de uma hora, hoje se conclui, em média, durante 15 minutos. Como o paciente tem que estar imóvel durante a exposição aos raios, sobretudo com as crianças, há um ganho bastante significativo.
Além dos pacientes do hospital, atualmente, o HIAE, através de seu Departamento de Oncologia, trata gratuitamente crianças assistidas pelo GRAAC, Tuca, Hospital das Clínicas (HC) e Santa Casa de São Paulo.
O HIAE tem parceria com o M. D. Anderson, o maior centro de oncologia dos EUA, além de equipamentos exclusivos em território nacional para tratamento do câncer. A parceria promove intercâmbio de benefícios mútos para colaboração no desenvolvimento e troca de programas clínicos, educacionais, preventivos e de pesquisa para erradicação do câncer. Há também uma integração dos laboratórios de câncer e biologia molecular para pesquisa clínica de novas drogas e tratamentos.
Na área de educação, o convênio possibilitará a atualização de médicos, enfermeiros, farmacêuticos, pós-graduandos e profissionais da saúde das duas, além da realização de simpósios anuais com a presença de profissionais de ambos estabelecimentos.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta