Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Acordo entre Brasil, OMS e Opas define estratégias para a saúde

Publicidade

O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, representantes da Organização Mundial de Saúde (OMS) e da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas) assinaram nesta segunda-feira, 20, o acordo de estratégias de Cooperação Centrada no País (CCP). O objetivo da ação é favorecer o desenvolvimento socioeconômico e político do país por meio da implementação da saúde individual e coletiva dos brasileiros.  O acordo terá prazo de validade, que será de 2008 a 2012.
As ações previstas no documento pretendem nortear as atividades que a OMS e a Opas vão desenvolver nos estados nesse período. As prioridades da CCP serão baseadas no Plano Plurianual 2008-2011, no Programa de Aceleração ao Crescimento (PAC) e nas ações de saúde estipuladas para o segundo mandato do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. 
A saúde brasileira possui três pilares de problemáticas: políticas públicas, grupos sociais e gestão. Com base nesta estrutura, o documento deverá desenvolver planos e atividades em prol do crescimento do setor. A assinatura da CCP viabilizará a troca de experiências entre o Brasil, países da América do Sul e da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP).

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta