Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Ações de vigilância em saúde devem ser reforçadas

Publicidade

O Ministério da Saúde autorizou o repasse de R$ 87.867,41 do Fundo Nacional de Saúde para o Fundo Municipal de Saúde de Paulista, em Pernambuco. Os recursos serão repassados numa única parcela, a título de incentivo, para fortalecer ações de vigilância em saúde no estado.
Portarias publicadas no Diário Oficial da União de sexta-feira (21) contemplam também outros estados e municípios com o repasse de recursos. Em todos os casos, o Fundo Nacional de Saúde adotará as medias necessárias para a transferência regular e automática do valor para os fundos estaduais e municipais de Saúde correspondentes, em conta bancária específica.
Para o Rio de Janeiro foram liberados, a título de custeio, R$ 180 mil para diversas unidades de saúde. Para ações de combate à leishmaniose foram liberados R$ 1,650 milhão que serão distribuídos para os seguintes municípios: Fortaleza (R$ 800 mil),  Campo Grande (R$ 300 mil) , Araguaina – TO – (R$ 400 mil) e Caxias  (R$ 90 mil) e Timon (R$ 60 mil) – ambos no Maranhão.
O município de Jaú, em São Paulo, recebeu R$ 3 mil para custeio das atividades desenvolvidas no tratamento do câncer. O estado tem mais dois municípios – Caieiras e Ribeirão Pires – que também receberão R$ 22.050 e R$ 30.450, respectivamente, num total de R$ 52,5 mil. Outros R$ 50 mil foram liberados para ações em Erechim (RS) e Valinhos (SP). Para São Paulo foram liberados mais R$ 24 milhões para ações destinados a assistência ambulatorial e hospitalar médica de alta complexidade. Essas ações de alta complexidade serão realizadas nos estados do Rio Grande do Sul e Paraná no combate à influenza A (H1N1).
Você tem Twitter? Então, siga http://twitter.com/SB_Web e fique por dentro das principais notícias do setor.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta