Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Abertura de clínicas particulares gera polêmica no Canadá

Publicidade

A Copeman Healthcare anunciou planos para abertura de clínicas particulares no Canadá, nas cidades de Toronto, Ottawa e London (Ontario) no segundo semestre e em Halifax, Montreal, Winnipeg, Regina, Saskatoon, Edmonton, Calgary e Victoria dentro de alguns anos. Por 1,2 mil dólares canadenses (aproximadamente US$ 1 mil) de taxa de inscrição e 2,3 mil de anuidade (aproximadamente US$ 2 mil) as clínicas oferecerão atendimento em clínica geral, cardiologia, urologia, ortopedia, neurologia, oncologia, ginecologia, medicina esportiva e clínica da dor. Cada clínica teria oito médicos e capacidade para atender quatro mil pacientes.
O Ministério da Saúde se opõe à iniciativa por considerar que o atendimento particular viola o princípio de equidade de tratamento. Especialistas temem que a medida traga prejuízos ao sistema de saúde por direcionar recursos e expertise para os pacientes mais ricos. No Canadá, o atendimento é majoritariamente público.
Para o presidente da companhia, Don Copeman, as clínicas particulares podem reverter a crise nos cuidados primários e ajudar a manter a sustentabilidade do sistema.
O Canadá não permite cobrança antes da prestação do serviço, portanto, o formato proposto pela empresa estaria em desacordo com a legislação.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta