Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

ABDI e Abimo firmam parceria para fomentar indústria médica

Publicidade

Com o objetivo de incrementar a competitividade e fomentar os negócios do setor, assim como as vendas internas e externas, a Associação Brasileira da Indústria de Artigos e Equipamentos Médicos, Odontológicos, Hospitalares e de Laboratórios (Abimo) e a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), selam parceria durante a Feira Hospitalar e assinam convênio para implantar o Plano de Desenvolvimento Setorial (PDS). O investimento total é de R$ 900 mil, verba que será destinada para quatro projetos: capacitação para gestão de negócios no mercado norte-americano, guia orientativo de linhas de crédito e aportes financeiros, manual de adequação de processos de manufatura e garantia da qualidade à legislação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e manual para registro de produtos na Anvisa.
De acordo com Eduardo Valadares, consultor técnico da ABDI, a intenção é melhorar a qualidade dos produtos médico-hospitalares e aliviar os entraves burocráticos. ?Pretendemos elevar o patamar tecnológico da indústria médica brasileira, através da criação dos guias e manuais. A idéia é tornar as informações claras para todos os envolvidos do setor, de empresários a técnicos?, explica. A ABDI, em atividade desde o segundo semestre de 2005, destinará 70% da verba para os projetos. Serão R$ 560 mil para as boas práticas de fabricação, R$ 200 mil para gestão americana e R$ 100 mil para registros de produtos e R$ 100 mil para adequação de processos. Os outros 30% do valor serão investidos pela Abimo.
?O nascimento da ABDI passa a ser um novo braço para o setor, pois irá facilitar o acesso tanto das informações de financiamento quanto qualidade e vendas. O plano terá duração de um ano e esperamos alavancar os quatro programas neste período. Num primeiro momento, serão beneficiadas as 315 empresas associadas à Abimo e, na seqüência, mais 200 não-associadas?, comenta Djalma Rodrigues, presidente da Abimo.
O plano, que conta com apoio da Anvisa e do Ministério da Saúde faz parte do Macroprograma Indústria Forte da ABDI, criado fortalecer e expandir a base industrial brasileira.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta