Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

AACD divulga balanço de atendimentos em 2004

Publicidade

Foram 118.797 consultas médicas, 5.833 cirurgias e 54.010 aparelhos ortopédicos fabricados. Como resultado da média de 4.957 atendimentos diários, a Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD) chegou ao fim de 2004 com 1.060.019 atendimentos. Além disso, ajudou 100 profissionais a conseguirem emprego, por meio do Programa Trabalho Eficiente (PTE). Além dos atendimentos e do trabalho de recuperação e melhoria da qualidade de vida de portadores de deficiência, a AACD ampliou seu espectro de atuação. Investiu em outros campos e trabalhou também na prevenção. Repassou, ainda, seu know how de 52 anos a médicos de todas as especialidades, fisioterapeutas, psicólogos, professores e inúmeros outros profissionais que trabalham com portadores de deficiência. A Associação promoveu 13 cursos formando, capacitando e atualizando 2.734 destes profissionais.
O Programa Trabalho Eficiente (PTE) recolocou 108 portadores de deficiências durante todo o ano, 28% mais do que em 2003. Este número representa um terço do total estadual apresentado pela Secretaria Estadual de Emprego e Relações de Trabalho de São Paulo, potencializando seu significado.
A parceria da AACD com a iniciativa privada foi responsável por uma série de eventos, que tinham por objetivo a arrecadação de recursos. De uma forma mais efetiva, a aliança com o SBT para o Teleton 2004 teve receita de R$ 16.616.032,00. O montante será utilizado na manutenção dos sete centros já existentes: AACD-Sede, AACD-Mooca, AACD-Osasco, AACD-Recife, AACD-Porto Alegre, AACD-Minas Gerais e AACD-Rio de Janeiro.
Para aumentar o número de atendimentos e reduzir a fila de espera da entidade, melhorando a qualidade de vida de pessoas portadoras de deficiência, o Grupo Ativo do Hospital Abreu Sodré – que se dedica ao estudo de técnicas aplicadas à cirurgia ortopédica – prepara o II Simpósio Internacional de Técnicas Minimamente Invasivas Aplicadas à Ortopedia e Coluna. O evento reúne especialistas do Brasil e do mundo a fim de disseminar novas técnicas cirúrgicas.
Cirurgias minimamente invasivas envolvem técnicas pouco agressivas para resolver grandes problemas. O Hospital da AACD já conta com profissionais habilitados à realização de cirurgias ortopédicas e da coluna vertebral com esses recursos. Este hospital encontra-se entre os de menor índice de infecção hospitalar do País e é um dos primeiros, no Brasil, na utilização dessas técnicas em cirurgias ortopédicas.
Apesar de funcionar junto ao Centro de Reabilitação para portadores de deficiência física, o Abreu Sodré é aberto a pacientes não-deficientes que necessitam de tratamento cirúrgico. Os recursos gerados por esses tratamentos são destinados ao atendimento gratuito de pacientes carentes.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta