HIS17 É hora de mudar a saúde! Faça como seus colegas, participe do HIS. Quero participar da mudança

A auditoria na gestão do plano de saúde

Publicidade

“Os custos concentrados na alta complexidade fazem com que as operadoras de plano de saúde voltem os focos para os famosos materiais e medicamentos”, é assim que a diretora técnica da Qualicorp, Laís Perazo de Carvalho, enxerga a necessidade da auditoria.
De acordo com ela, muitas empresas cortam os custos e, às vezes, em detrimento da qualidade. Laís menciona o estudo realizado pela Rand Health, na Califórnia, que aponta a existência de indicadores com 33% de uso desnecessário de procedimentos. “E ainda, nem sempre os 67% são necessários e também não significa que essa porcentagem tenha um custo adequado. Essa pesquisa já mostra um cenário que pede a necessidade de se ter uma auditoria”, enfatiza.
Um estudo feito pela IBI e a Medstat revela que os custos dos planos de saúde não são os mais afetados pelas más condições de saúde, e sim as empresas.
A auditoria se divide em dois focos: unitária e a auditoria da sustentabilidade em longo prazo ao sistema. Independente do foco utilizado, a executiva destaca que a auditoria tem que se encaixar num conceito maior de gestão de saúde.
“O sistema sozinho tem uma dinâmica que não vai caminhar para a qualidade. Ele precisa de uma força externa ativa. O sistema de saúde que montamos paga por serviço e as pessoas querem ter acesso, e isso faz com que o excesso da oferta gere demanda”.
Segundo a diretora, a auditoria tem objetivos estratégicos e de governança, se atentando ao risco financeiro e de produto, aos custos da gestão de saúde e envolvimento do usuário.
Para o diretor de saúde da operadora Vivo, Michel Daud Filho, a auditoria se faz necessária, porém precisaria trocar de nome. “As pessoas não veem a auditoria como preventiva, mas sim como punitiva. Nós não estamos lá para glosar ou criticar, só queremos ser cada vez mais profissionais médicos para ter mais chances de alcançar nossos objetivos”, conclui.

       
Publicidade

Deixe uma resposta