Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

A atividade lúdica é um instrumento terapêutico a serviço da intervenção médica

Publicidade

Mesmo em consultórios e clínicas de atendimento ambulatorial, os conceitos lúdicos sobre os quais estamos falando podem ser observados. Em alguns locais, pela dimensão reduzida do espaço, a facilidade para a assepsia dos brinquedos é melhor, possibilitando maior flexibilidade ao projeto. Quando projetamos um espaço infantil numa clínica, pensamos em proporcionar felicidade às crianças. Elas se sentem mais contentes e confiantes ao serem atendidas num ambiente preparado especialmente para recebê-las. Além de amenizar o estresse, a oportunidade de brincar no ambiente de saúde favorece a comunicação e a expressão dos sentimentos das crianças. A brincadeira é, muitas vezes, a porta de acesso do profissional de saúde ao universo infantil. Elementos lúdicos são fundamentais nos espaços pediátricos. E se precisam ser inseridos no projeto arquitetônico, não consideramos apropriado ‘improvisar’. Para criar um espaço com brinquedos e enfeites temáticos dentro de uma clínica médica, é preciso contar com a orientação de um profissional especializado, para que o resultado seja o almejado pelo profissional de saúde.

Ana Carolina M. Tabach, arquiteta, diretora de projetos da C + A Arquitetura e Interiores.

Flickr: http://www.flickr.com/photos/cmaisa/sets/72157622825921823

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta