Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

60% dos dinamarqueses utilizam internet para obter informações de saúde

Publicidade

Pesquisa dinamarquesa realizada com mil pessoas entre 15 e 80 anos aponta que 60% utiliza a internet para pesquisar sobre saúde: 3% todos os dias, 7% toda semana, 19% todo mês, 17% a cada seis meses, 8% todos os dias e menos de 6% menos que uma vez ao ano. Estudo apresentado em Conferência Mundial em Geneva, na Suíça, mostra que os dinamarqueses querem ter acesso a informações eletrônicas de saúde. No país, 90% das residências possuem acesso à internet.
Além disso, 45% consideram a internet uma fonte valiosa de informações de saúde, enquanto 71% acreditam que o contato face-a-face é muito importante. Entre as outras fontes citadas estão: amigos e família (51%), farmácias (41%), televisão e rádio (38%), jornal e revista (36%), livros (34%) e palestras (19%).
Apenas 8% sente-se incomodados em utilizar a internet para fins de saúde, porém 25% sente-se a vontade. 50% decidiu trocar dietas e estilos de vida em decorrência de informações online e 19% utilizam a internet para dar dicas e sugestões aos profissionais de saúde. Outros 5% utiliza a internet para desmarcar consultas e 3% a utilizam para trocar medicamentos.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta