5º CONAHP debaterá “O Hospital do Futuro: O Futuro dos Hospitais”. Faça já sua inscrição → Clique aqui

5 startups promissoras para médicos e pacientes

Publicidade

O uso da tecnologia para o cuidado da saúde tem chamado cada vez mais a atenção de empreendedores, que estão observando nesse nicho uma oportunidade de crescimento em um setor ainda pouco explorado. De acordo com relatório apresentado pela Fundacity Investments, 77% das aceleradoras têm interesse em investir em empresas em estágio inicial do setor de saúde ao longo dos próximos 12 meses.

Gestão de prontuários de pacientes, acompanhamento de pacientes com doenças crônicas e monitoramento da saúde de funcionários de empresas são algumas das tecnologias que startups estão apostando.

Veja abaixo uma lista de cinco startups que estão adotando tecnologias voltadas para médicos e pacientes:

Medicina Direta
A startup Medicina Direta criou em 2013 uma plataforma que auxilia médicos na gestão de prontuários dos pacientes. As informações ficam armazenadas na nuvem e o medico pode acessá-las pelo smartphone. Um médico a caminho do centro cirúrgico pode consultar todo o histórico do paciente, segundo o fundador da plataforma, Tiago Delgado. A empresa também cria sites para médicos que são integrados à plataforma de prontuário eletrônico. O site conversa com a plataforma, e é otimizado para que pacientes e potenciais pacientes encontrem o médico ao realizarem pesquisa no Google.

Doutor Recomenda
Criada em setembro de 2014, a startup Doutor Recomenda criou uma plataforma de comunicação que pretende facilitar o entendimento das orientações médicas pelos pacientes. Por meio de um aplicativo, o paciente recebe as orientações sobre sua doença, a forma correta do uso dos medicamentos e lembretes automáticos sobre a data para realizar exames e retornar à consulta. De acordo com a médica endocrinologista Regina Diniz e a economista com especialização na área da saúde Luiza Granado, fundadoras da startups, a ideia é auxiliar os pacientes após a realização da consulta com os médicos.

SaúdeControle
Reunir todas as informações sobre dados e exames de pacientes na nuvem é o objetiva da startup SaúdeControle. Criada em junho de 2014, a empresa criou uma plataforma online que permite o acesso a todo histórico médico do usuário. O SaúdeControle pode ser acessado via web ou baixado em aparelhos Android e iOS. Ao se cadastrar gratuitamente, o usuário tem acesso a ferramentas de histórico médico, ficha clínica, resultado de exames atuais e acompanhamento dos tratamentos que está realizando. Além disso, empresas podem monitorar a saúde de seus funcionários.

PEBmed
Criar aplicações mobile para assuntos médicos é o objetivo da startup PEBmed. Criada em 2012 por três médicos – Pedro Gemal, Eduardo Moura e Bruno Lagoeiro – a empresa já criou 20 softwares diferentes, disponíveis nas 5 principais plataformas, com mais de 250 mil downloads e base de mais de 70 mil usuários. O aplicativo Whitebook: guia de prescrição é o mais utilizado. O app é um guia completo de orientações de condutas médicas e medicamentos para diversas especialidades, que partiu da ideia inédita de integrar utilitários médicos numa mesma interface.

Memed
A Memed é uma plataforma online e mobile exclusiva e gratuita para médicos. Por meio dela, profissionais podem consultar mais de 20 mil medicamentos de 335 indústrias farmacêuticas e realizar prescrições digitais. A ferramenta oferece a médicos o histórico de prescrição de seus pacientes, visualização de bulas completas, disponibiliza um acervo ilimitado e organizado de fórmulas manipuladas e outras diversas facilidades. Atualmente, mais de 8.500 profissionais consultam informações e prescrevem receituários pela ferramenta criada pela startup brasileira lançada em 2012.

Leia Mais:

Quem é a melhor startup de saúde para você? (Parte 1)

Quem é a melhor startup de saúde para você? (Parte 2)

       
Publicidade

Deixe uma resposta