Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

2° prêmio Allergan de oftalmologia com foco em Glaucoma

Publicidade

Incentivo a pesquisas e maior intercâmbio de informações entre especialistas e pacientes, somado à prevenção, são fatores capazes de mudar uma realidade detectada em pacientes com glaucoma. Segundo dados do Setor de Glaucoma da Escola Paulista de Medicina (UNIFESP), no Brasil 40% deles já chegam, em sua primeira consulta, apresentando cegueira em um dos olhos – o que caracteriza o estágio avançado da doença.

Os fatores que mais contribuem para essa realidade são a falta de conhecimento sobre a doença, o que leva ao diagnóstico tardio, e o acesso precário ao atendimento primário. “Iniciativas como o Prêmio Latino-Americano de Oftalmologia são muito bem vindas para colaborar na prevenção da cegueira pelo glaucoma na região”, analisa o professor doutor Paulo Augusto de Arruda Mello, Professor Adjunto do Depto. de Oftalmologia da UNIFESP e Coordenador da Comissão Julgadora do Prêmio. Para ele, a conscientização dos pacientes e a multiplicação do alcance da mensagem de especialistas a respeito da importância do tratamento preventivo é a prioridade neste momento.

Acaba de ser lançado em toda América Latina o 2º Prêmio Latino-Americano de Oftalmologia, com foco em Glaucoma, uma iniciativa da Allergan que tem como objetivo incentivar a produção científica na América Latina, para prevenção da cegueira pelo glaucoma na região. Inscrições: www.premioallergan.com até o dia 14 de dezembro de 2008.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta