5º CONAHP debaterá “O Hospital do Futuro: O Futuro dos Hospitais”. Faça já sua inscrição → Clique aqui

1º Simp.Intern.de Op. Hospitalares discutiu a importância de Operações

Publicidade

Com moderação de Vitor Asseituno, CEO da Live Healthcare, a plenária “Liderança: Preparar para Ambientes de Transformação e Performance” abriu o 1º Simpósio Internacional de Operações Hospitalares, que integra a programação de congressos do Healthcare Innovation Show.

Tanira Torelly Pinto, superintendente de operações e governo do Hospital Moinhos de Vento de Porto Alegre, e João Fábio Silva, superintendente-executivo de operações da BP – Beneficência Portuguesa de São Paulo, concordam com a importância que a superintendência tem dentro dos hospitais, que abrange desde as áreas operacionais e o contato com planos de saúde, até o bem-estar dos pacientes.

Tanira conta que o Moinhos de Vento “trabalha muito duro no desenvolvimento de lideranças. É um trabalho contínuo de desenvolvimento. Acreditamos que toda equipe tem de estar engajada, não adianta eu pensar que isso não vai chegar na pessoa que atende o telefone, por exemplo, porque chega. E essa pessoa também tem de estar preparada. Assim as demandas, dos médicos, dos pacientes, chegam até nós”. A profissional lembrou também que “o Hospital é totalmente dependente de pessoas, é um setor que a gente não conseguiu automatizar”.

Já segundo Silva, desenvolver ferramentas de liderança é essencial. “Para ser líder é importante você se conhecer para saber lidar com os demais.” Ele ressaltou a importância da eficiência da comunicação entre os funcionários e a empresa. “Temos que parar de olhar verticalmente e olhar horizontalmente, se comunicar com as pessoas com quem trabalhamos diretamente”, afirmou.

       
Publicidade

Deixe uma resposta