Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Não é utopia

Publicidade

Há várias
razões para eu me sentir satisfeito e orgulhoso do belíssimo
trabalho que meu time realizou no Saúde Business Forum 2014. Não
quero parecer repetitivo, então, mencionarei apenas uma delas. Um
episódio que poucos viram.

Ao fim da
palestra do italiano Domenico De Masi, autor do aclamado “O Ócio
Criativo”, um executivo do setor, acompanhado da esposa,
aproximou-se para me agradecer. Muitos fizeram o mesmo, com o desejo
vibrante de dividir a experiência que vivenciaram, mas o convidado
ao qual me refiro, em especial, tinha lágrimas nos olhos. Ele me
abraçou, dizendo que percebera, naquele momento, que não estava
conduzindo a sua vida da forma mais adequada.

Com essa
história, estou me referindo a um público integrado por influentes
líderes, médicos, gestores; um setor considerado, em diversos
aspectos, conservador; e a homens de negócios, formados na ciência
da objetividade e racionalidade. Falo de executivos de vidas
ocupadas, que congelaram suas agendas, durante quatro dias, para
ouvir ensinamentos valiosos sobre relações humanas, coragem e
liberdade.

Interessante, não?

Em sua
fala, Domênico conectou os resultados das organizações à
mentalidade nutrida pelo ócio criativo, conceito que disseminou por
todo o mundo e propõe o equilíbrio entre três pilares: trabalho,
conhecimento e diversão. Depois, lá foi o fotógrafo Oliviero
Toscani, famoso pela criação das polêmicas campanhas publicitárias
da Benetton nos anos 90, ensinar sobre o poder da criatividade.
Juntos, de Masi e Toscani, amigos de longa data, dialogaram sobre
felicidade. O público queria mais.

Pelos
cantos e corredores do Hotel Transamérica, na Ilha de Comandatuba,
todos falavam dos “gênios italianos” e do encantamento
coletivo que perdurou durante as demais sessões do evento. Um médico
me procurou para falar o quanto o atrevimento da IT Mídia tem
contribuído para o setor, depoimento que se repetiu em conversas,
reuniões e pesquisas.

Diante de
simples e reluzentes retratos do evento, tenho a segurança de que o
Saúde Business Forum cumpriu com louvor o seu papel: inspirar as
pessoas, a partir de um conteúdo negado na rotina pragmática dos
negócios, mas ao mesmo tempo profundamente impactante no desempenho
de empresas e profissionais. Um conteúdo que eles não receberiam em
outro lugar.


Foram
quatro dias de intensivo de conteúdo, relacionamento, negócios
e…italiano
. Particularmente, tive o
privilégio de dividir momentos marcantes com esses brilhantes
pensadores. Domênico me atentou para o potencial da cultura
brasileira como diferencial competitivo, com todo o carisma,
acolhimento, criatividade e diversidade gravados em nosso DNA.
Confirmou que balancear trabalho, conhecimento e diversão é uma
questão de escolha.

Já com
Olivieiro, falamos de sua fazenda na Toscana, onde produz dois tipos
de vinhos, cria cavalos e planta oliveiras. Aos 70 anos, ele trabalha
em um novo projeto, no qual fotografa as feições das pessoas no
mundo inteiro. Ele, definitivamente, faz o que gosta.

E dessa
rápida e intensa convivência, tive a confirmação mais importante
de todas: a de que nenhum ensinamento compartilhado por eles é uma
utopia.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta