Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Medicina Hospitalar em imagem e som

Publicidade

Complementando com imagem e som a minha postagem anterior, apresento um vídeo (em inglês) que gosto muito e por algumas razões que discutirei logo em seguida:

– Traz um jovem médico como hospitalista.

Hospitalistas, nos Estados Unidos, são médicos com, em média, 37 anos de idade (2007-2008 SHM Survey). Entre os mais jovens atuando, há valorizados diretores de qualidade, líderes de grupos, diretores de segurança do paciente e gerentes de risco. É um movimento tocado por representantes de minha geração e que brotou de onde as coisas realmente acontecem para os pacientes: da assistência. No Brasil, gerações anteriores, apesar de bem-intencionadas, têm sido pouco efetivas na busca por melhor alinhamento entre médicos e hospital. O modelo de MH pode ajudar. 

– O médico do vídeo apresenta o modelo de forma muito sucinta e clara;

– Ilustra bem a razão pela qual pacientes gostam de ser cuidados por hospitalistas: disponibilidade.

– A mesma disponibilidade facilita muito o tal trabalho em equipe, muito falado e pouco praticado.

– Retrata o modelo em hospital da Mayo Clinic, demonstrando que hospitalistas podem ser inseridos sem causar maiores atritos com o restante do corpo clínico. A Mayo Clinic fez isto e foi recentemente escolhida (mais uma vez) como uma organização onde é muito bom trabalhar (100 Best Companies to Work For, by FORTUNE magazine).

– Ilustra como a MH pode representar uma carreira médica, e não apenas um “bico”.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta