Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Hospitalista e satisfação do paciente

Publicidade

Um estudo recente demonstrou mais uma vez não ocorrer perda de satisfação do paciente ao ser tratado por hospitalistas. Leia através do Pubmed. Os resultados levaram em conta a opinião de 8.295 pacientes que tiveram alta de hospitais de Massachusetts, entre 2003 e 2009.

Já em 2008, quando organizei o I Congresso Brasileiro de Medicina Hospitalar, em Gramado, o Prof. Giácomo Balbinotto Neto, mestre e doutor em Economia, pesquisador em Economia da Saúde, quando apresentou sua avaliação do modelo, concluiu que:

– A maioria dos dados obtidos na literatura de avaliação econômica referentes aos resultados da introdução dos hospitalistas demonstrou haver uma significativa e consistente redução de custos associada com uma manutenção da qualidade.

– As pesquisas realizadas com pacientes que foram cuidados por hospitalistas, nos EUA, indicaram que houve um elevado nível de satisfação, não menor do que o de pacientes cuidados por seus médicos de origem. Uma das hipóteses comportamentais é que os pacientes estariam dispostos a trocar a familiaridade dos seus médicos regulares pela disponibilidade dos hospitalistas.

O assunto é sempre motivo de intensas discussões e calorosos debates:

Também em 2008, publiquei artigo em Zero Hora intitulado ”Você conhece este médico?”, onde buscava apresentar ao público leigo o hospitalista. Em resposta, ”Quem quer trocar de médico? ”. Quem tiver interesse, leia aqui.

Mas este debate não deveria ser estabelecido a partir deste tipo de dicotomia. Para que a MH cresça do jeito que sempre defendi, ela deve se colocar como alternativa boa para todos. E, quando escolhida, favorecer a relação do paciente com seu(s) médico(s) de múltiplos atendimentos ambulatoriais com o mesmo ímpeto com que foca em eficiência e redução de custos intra-hospitalares. O segundo vídeo da postagem anterior mostra isto redondinho.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta