Archives of #Operações

UniHealth Logística Hospitalar marca presença no Healthcare Innovation Show (HIS)

A UniHealth Logística Hospitalar apresenta nos dias 25 e 26 de outubro, no Healthcare Innovation Show (HIS) – primeiro trade show de tecnologia e inovação focado no mercado de saúde na América Latina, algumas das suas soluções tecnológicas para a gestão logísticade medicamentos e insumos médicos. Os participantes poderão conferir no stand da empresa a flexibilidade das ferramentas para as necessidades de instituições e órgãos de saúde de todos os modelos e tamanhos.

“Não poderíamos ficar de fora deste que é o maior evento de tecnologia e inovação voltado para o mercado de saúde e uma grande oportunidade de nos aproximarmos e contarmos um pouco dos cases que temos desenvolvido ao longo dos anos para o mercado nacional e internacional”, comenta Domingos Fonseca, presidente da UniHealth Logística Hospitalar.

Dentre as inovações da empresa que serão apresentadas durante o HIS, estão o software exclusivo e totalmente customizado UnilogWF,o robô Pharma Picking, capaz de separar 350 prescrições por hora, e a UniBox – máquina de dispensário automático de medicamentos e insumos médicos.

A UniHealth está localizada no stand 45 e a entrada para a exposição é gratuita, bastando se credenciar pelo site: http://saudebusiness.com/his/tickets/

 


Sobre a UniHealth

A UniHealth é a maior empresa de logística intra-hospitalar da América Latina. Com mais de 13 anos de história e reconhecida por experiência em soluções integradas de gestão do fluxo de medicamentos e insumos médicos, presta serviços para instituições públicas e privadas, que vão desde hospitais até unidades de saúde como laboratórios, clínicas médicas e outras estruturas, independentemente do tamanho ou especialidade.

Com atuação e padrão de qualidade globais, a UniHealth está em ativa expansão internacional com operações logísticas de saúde no Brasil, Equador, Colômbia e ações iniciadas no México e em Portugal.

A empresa acredita na inovação como base do desenvolvimento e no uso de tecnologias de última geração, incluindo a robotização e automatização de processos, além de disponibilizar completa infraestrutura e processos devidamente normatizados e regulamentados, sob a gestão de equipes em constante atualização profissional, garantindo um altíssimo nível de qualidade e confiança aos clientes.

Atualmente, a UniHealth conta com cerca de 500 colaboradores e mantém um centro de pesquisa e inovação tecnológica pelo qual recebeu, em 2013, o Prêmio FINEP de Inovação. Também foi representada em prêmio concedido a seu presidente, Sr. Domingos Fonseca, como um dos “‎100 Mais Influentes da Saúde”. A premiação reconheceu o idealizador da UniHealth Logística Hospitalar por seus mais de 30 anos de experiência e por implementar no Brasil um modelo inédito de logística hospitalar aliada ao desenvolvimento de tecnologia própria.

Saiba mais em www.unihealth.com.br


Sobre o HIS

O Healthcare Innovation Show (HIS) é o primeiro trade show de tecnologia e inovação em um espaço de mais de 4.000 m² voltado ao mercado de saúde na América Latina. São 4 arenas simultâneas onde acontecem mais de 10 congressos, cada qual especialmente organizado para oferecer conteúdo de qualidade para os diferentes cargos e funções das organizações de saúde.

O evento deverá contar este ano com números que ultrapassam os 5.000 participantes, os 200 palestrantes, as 75 empresas expositoras, além de premiações de reconhecimento das experiências inovadoras do setor.

Além das discussões executivas e estratégicas, grandes empresas e startups apresentam o que há de mais inovador e tecnológico no mercado. Nomes de peso do setor lideram os conteúdos ao lado das principais associações e institutos.

O HIS 2017 é ainda constituído por quatro grandes eixos de atividades especiais: o Startup Lounge, com a exposição de serviços em tecnológicas; o hackathon hack4health, maratona em busca de soluções para problemas da saúde e de gestão; e os prêmios Referência da Saúde/2017, Top Hospitalar/2017 e Great Place to Work.


Serviço  

HIS – Healthcare Innovation Show 2017

Data: 25 e 26 de outubro de 2017

Horário: das 8h30 às 19h00

Local: São Paulo Expo

Endereço: Rodovia dos Imigrantes, Km 1,5 – São Paulo

http://saudebusiness.com/his/


Assessoria de Imprensa Brasil Telemedicina

Agente da Mídia Comunicação

Bianca Frari (19) 98848.8838 | bianca.frari@agentedamidia.com.br

Thaísa Oliveira (19) 99114.4692 | consultoria@agentedamidia.com.br

Plantão de AI: (19) 97419.1005


Contato para imprensa (HIS 2017):

2PRÓ Comunicação 

e-mail equipe: his17@2pro.com.br

Teresa Silva – (11) 3030-9463

Luciano Somenzari (11) 3030-9435

Myrian Vallone – (11) 3030-9404

Paula Giffoni – (11) 3030-9402

www.2pro.com.br

Otimização da cadeia de suprimentos economiza bilhões a hospitais

Os hospitais poderiam economizar bilhões a cada ano se eles agilizassem e otimizassem suas cadeias de suprimentos, ou supply chains, de acordo com estudo.

A empresa de consultoria Navigant examinou os dados públicos registrados entre 2015 e 2017 da Definitive Healthcare – com base em mais de 2.300 hospitais dos Estados Unidos – e descobriu que os hospitais que investiram em melhorias no supply chain gastaram 23 milhões de dólares a menos que os concorrentes, representando uma média de 17,8% nas reduções de despesas. Cerca de 76% dos hospitais estudados poderiam obter economia similar se eles adotassem medidas para aperfeiçoar seus próprios gerenciamentos de supply chain, poupando mais de 9,9 milhões de dólares cada um.

De acordo com o estudo, os hospitais que apresentaram melhores resultados não sacrificaram a qualidade do atendimento para alcançar a redução de custos, particularmente porque essas instalações reduzem a variação clínica que vem de uma cadeia de suprimentos mais simplificadas, disse Rob Austin, Diretor Associado do Navigant Healthcare ao portal FierceHealthcare. “Realmente cria um ambiente mais seguro, e com melhor qualidade”, pondera.

Essas constatações foram consistentes em grandes centros médicos urbanos e nas instalações rurais menores, comentou o Diretor. O que os pesquisadores descobriram surpreende. Hospitais rurais, devido ao seu tamanho, tiveram menor poder de compra que os grandes hospitais, mas as economias fruto das otimizações se apresentaram similares, de maneira geral, ele destaca.

As melhores performances foram sólidas em diversas áreas, e sugerem métodos que outros hospitais deveriam considerar para otimizar sua cadeias de suprimentos, destacou Austin:

  • Engajar médicos no gerenciamento de supply chain;
  • Reunir e analisar dados de forma eficaz;
  • Incluir tecnologia em supply chain nos grandes planejamentos estratégicos.

Para os que alcançam altas performances, “torna-se mais uma vantagem estratégica competitiva”, pondera Austin. “Envolver os médicos é a chave do sucesso, já que eles geralmente não gostam de ser informados sobre o que fazer”. Ou seja, trazendo esses profissionais para a mesa como parceiros nas discussões, será muito mais eficiente para que eles participem das iniciativas de melhoramento do supply chain.

Os dados são ferramentas que podem permitir aos hospitais uma redução no número de vendedores e fornecedores para produtos similares e otimizar o tipo e a frequência das compras baseado nas necessidades do paciente. Eles podem também ser usados para automatizar os sistemas de compras para evitar erros de documentação.

A principal questão para os executivos é que os investimentos em supply chain valham a pena, disse Austin. Segundo o Diretor, os estudos sugerem que os hospitais fazem de 3 a 4 dólares por cada 1 dólar investido na cadeia de suprimentos. Apesar das vantagens, ele estimou que a vasta maioria dos hospitais, entre 85% e 90% não estão colocando bastante foco no gerenciamento de supply chain. “Se você não está investindo completamente em sua cadeia de suprimentos, você não está otimizando as operações e, consequentemente, o potencial financeiro do seu sistema de saúde”, ressaltou Austin.

 


Fonte: FierceHealthcare // Autor(a): Paige Minemyer // Tradução: Camila Marinho