Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

A grande oportunidade para as startups de saúde

Publicidade

Desde que iniciei o Empreender Saúde em 2010, com o Vitor Asseituno, sempre tivemos a plena convicção que o movimento de saúde digital iria chegar ao Brasil mais cedo ou mais tarde. Com investimentos em saúde digital, nos EUA, crescendo ano após ano, com estimativa de USD 4,5 bi para 2016, era muito improvável que este cenário não fosse se repetir no Brasil.

Contudo, no Brasil, de 2010 a 2016, teve apenas um segmento de negócio em saúde que realmente decolou e este foi o das clínicas populares, em especial Clínica Fares, Dr. Consulta e Clínica Sim. De acordo com o Jornal Valor Econômico, já foram investidos mais de R$500 milhões, neste segmento, por investidores nacionais e estrangeiros e o motivo é muito claro; a piora significativa do SUS com a crise econômica e a perda de muitos usuários de seu plano de saúde, em função da crise e desemprego.

Neste contexto, Adiel Fares, CEO e fundador da Clínica Fares, relata estar em franca expansão, indo para a terceira mega-unidade em Osasco, que deverá ser inaugurada no mês de Julho. Enquanto isso, Thomaz Srougi está lidando com o ótimo desafio de ter recebido aportes multimilionários de investidores e agora ter de expandir sua rede rapidamente. Mas, quão rapidamente você pode expandir uma rede de clínicas populares. Quão rápido é encontrar o local, profissionais e recursos para iniciar uma nova operação ?

No caso da DocctorMed, esta rede de clínicas populares optou por cresce por meio de franquias pelo Brasil, sendo a rede com maior distribuição geográfica, estando presente em vários estados.

Certamente o cenário acima, mostra apenas a pobreza e degradação da saúde em nossa nação. Talvez, a próxima onda de investimentos seja hospitais populares, caso consigamos equacionar os deafios de financiamento de procedimentos hospitalares. Infelizmente, o nosso sistema de saúde está caminhando para criar sólidas alternativas ao SUS e aos planos de saúde. Apesar de um avanço, precisamos de algo mais para nos orgulhar.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta