✉️ NEWSLETTER Assine gratuitamente e atualize-se semanalmente Assinar

Calendário da Saúde

Confira a agenda dos eventos mais importantes do setor.
Publicar meu evento

Café no Copa discute avanços em Medicina Nuclear

Data: 24/11

Local: Americas Medical City – Av. Jorge Cury, 500 – Barra da Tijuca - Rio de Janeiro

A próxima edição do Café no Copa, que acontece nesta sexta-feira (24/11), no Americas Medical City, às 8h, terá como tema a aplicação clínica e a discussão de casos na área da Medicina Nuclear. À frente das apresentações, estarão os médicos Claudio Tinoco, Léa Miriam Barbosa Fonseca e Maria Fernanda Rezende, especialistas dos serviços na área dos hospitais Pró-Cardíaco, Samaritano (Botafogo) e Vitória.

A Medicina Nuclear é uma especialidade médica que realiza diagnóstico por imagem e tratamentos para alguns tipos de câncer e doença benigna, além da detecção de lesões tumorais durante cirurgias. No caso dos exames, são utilizados métodos seguros, indolores e não invasivos para fornecer informações que outros métodos de diagnóstico não conseguem. “Normalmente, os materiais radioativos são administrados por via venosa, oral, inalatória ou subcutânea e apresentam distribuição para órgãos ou tipos celulares específicos, havendo risco mínimo de reações alérgicas”, explica Claudio Tinoco.

O especialista observa que a área vem revolucionando o campo de diagnóstico com o surgimento de novos radiofármacos, ou seja, medicamentos radiativos, que possibilitam progressos em diversos tratamentos. “Esses avanços permitem, por exemplo, identificar alterações no funcionamento das células e dos tecidos em estágios bem iniciais – o que possibilita resultados mais precisos e cada vez mais precoces”, observa.

A mesa de debates será integrada por Fernando Meton, diretor médico do Americas Centro de Oncologia Integrado; Celso Musa, cardiologista do Americas Medical City; e Maurício Magalhães, mastologista do Americas Medical City, que discutirão o desenvolvimento e a utilização de novas terapias para o tratamento de doenças com o auxílio da Medicina Nuclear.