Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Enfermagem: por trás de muitos sucessos.

Publicidade

Como se diz por aí, por trás de todo profissional bem sucedido, existe sempre alguém que o acompanha e trata de todos os detalhes para que este possa brilhar. Em boa parte das vezes esse personagem oculto permanece incógnito, menos para aqueles que conhecem de perto a trajetória do profissional. Assim acontece com os serviços de saúde. Por trás do sucesso da alguns serviços de saúde, raramente não iremos encontrar um profissional de enfermagem como elemento ativo e catalisador das boas transformações. Infelizmente, nossa cultura idealizadora de ícones costuma dedicar o sucesso a figuras que se apropriam indevidamente e sem mesura do esforço dos profissionais de enfermagem. Assim é que gerentes, médicos, administradores e políticos acabam por ocupar esse espaço de reconhecimento de forma indevida. Não existe, dentro do atual estágio de evolução dos serviços de saúde, a possibilidade de obtenção de equilíbrio administrativo, técnico e financeiro sem a presença deste profissional, seja atuando diretamente na assistência, seja na definição dos processos operacionais e estratégicos. Também não existe no mercado formal quem reúna a diversidade de uma formação técnica assistencial aliada à formação de cunho administrativo em suas mais variadas frentes, seja na organização, elaboração de processos, auditoria e manutenção da qualidade. Daria para imaginar, hoje, uma organização hospitalar saudável sem a presença marcante de um enfermeiro (a)? Não, não dá.  Voltando ao início dessa exposição, é uma pena que a categoria não tenha o reconhecimento adequado. A quantidade elevada de enfermeiros no mercado de trabalho oriundos de um aumento considerável na quantidade de cursos de enfermagem surgidos nos últimos anos pode ter contribuído para isso. E talvez para uma piora na qualidade de formação deste, como acontece com qualquer profissão. Porém, ao mesmo tempo em que no passado a figura do profissional de enfermagem era relegada a um plano absolutamente secundário dentro das organizações de saúde, hoje as complexidades desse mercado os tornam imprescindíveis para qualquer serviço. Mas o reconhecimento, que pode ser expresso na baixa remuneração, continua baixa. Meus mais sinceros parabéns a todos os enfermeiros (as) que labutam diariamente por uma assistência melhor, por um país melhor. A todos meu especial carinho, carinho de quem vive a realidade diária das iniqüidades e conquistas deste setor da sociedade tão sofrido. O sucesso é mérito de vocês. 

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta