Educação em saúde é assunto abordado em cruzeiro para 3ª idade

Por
Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /srv/users/serverpilot/apps/saudebusiness/public/wp-content/themes/saudebusiness/templates/blogs-header.php on line 15

Educação em saúde é assunto abordado em cruzeiro para 3ª idade

Publicidade

Aconteceu entre os dias 1 e 7 de março o primeiro Cruzeiro Senior, organizado em parceria entre o Instituto Lado a Lado pela Vida e a empresa Costa. A viagem reuniu 3500 pessoas, que foram atraídas pelas tradicionais atividades de lazer, mas também pelo conteúdo voltado para temas de saúde. Foi lançada, por exemplo, a campanha Xi… escapou!, voltada para a conscientização da incontinência urinária, além de terem sido trabalhados outros temas, como o câncer de próstata, que também já foram alvo de campanhas desenvolvidas pelo Instituto.

Sobre essa interessante parceria, conversei com Marlene Oliveira, presidente do Instituto Lado a Lado pela Vida.

1) O Instituto foi o responsável, no cruzeiro senior, por trazer os temas de educação em saúde, que foram inseridos nas atividades da programação. Como se deu essa interação entre temas e atividades?

Estivemos no 1º Cruzeiro Senior, em parceria com a Costa Cruzeiros, e foi uma experiência de muito sucesso. O Instituto Lado a Lado pela Vida esteve inserido em todas as atividades temáticas a bordo, interagindo com o público, conversando e dando recadinhos, sempre com bom humor e leveza.

Para as pessoas da melhor idade, a atividade lúdica envolvendo a dança, a ginástica e o movimento corporal é muito importante. Nestes momentos, as pessoas se exercitam sem perceber e ficam felizes por vencerem, às vezes, muitas barreiras. E o acesso a informações de qualidade sobre a saúde nesta fase da vida é de extrema importância para manter o bem estar, a alegria de viver e as muitas realizações que, sem dúvida, ainda podem ser alcançadas.

2) Esses elementos (educação em saúde) foram usados para a atração de passageiros ao cruzeiro senior? De que maneira?

O Instituto Lado a Lado pela Vida proporcionou vivências e informações importantes para este público, que com certeza se lembrará da importância de cuidar da saúde para viver melhor, não importando a idade que se tem.

Foram ações interativas nas aulas, distribuição de materiais informativos nas cabines, orientações sobre a prevenção do câncer de mama utilizando a mama amiga (uma réplica da mama feminina), recadinhos de saúde e entrevistas.

O Instituto também contou com o apoio de todos os professores e palestrantes que fizeram parte da programação do Cruzeiro Senior para reforçar a importância da saúde na vida de cada um dos participantes.

3) As atividades oferecidas no cruzeiro foram moldadas pelos temas trabalhados? Parece que esse foi o caso, por exemplo, das aulas da professora Maria Corazza, que abordou a questão da incontinência urinária.

O Instituto Lado Pela Vida esteve presente no Cruzeiro com as campanhas Xi… Escapou (incontinência urinária), Novembro Azul (câncer de próstata) e Siga Seu Coração (doenças cardiovasculares). Todas as campanhas foram inseridas, de maneira lúdica, nas atividades do Cruzeiro que já estavam programadas.

A professora de educação física Maria Alice Corazza, assim como a professora Raquel Mesquita, foram parcerias no objetivo de mostrar para os passageiros como identificar e tratar da incontinência, de forma lúdica e simples para cumprir o nosso propósito de humanizar e desmistificar o problema.

4) Por que fazer um cruzeiro senior, especificamente, se pessoas mais velhas já são um público bem frequente em cruzeiros?

O Instituto acredita no envelhecimento ativo. Hoje, sabemos que o público sênior está cada vez mais buscando novidades e com muita vontade de viver e desfrutar de bons momentos. E é exatamente esse “clima” que permeou o cruzeiro, quando durante 7 dias, quase 4 mil passageiros se reuniram para cantar, dançar, trocar experiências e celebrar a vida. É um público em potencial muito grande, que gosta de se reunir para se divertir. Por isso, merece que sejam realizadas atividades específicas para eles.

5) Na sua avaliação, quais pontos deram mais certo e quais nem tanto, se é que houve, dessa aproximação entre educação em saúde e lazer?

A parceria com a Costa foi tão positiva que já estamos conversando sobre os cruzeiros de 2016. Sempre acreditamos que falar sobre saúde de maneira lúdica e interativa é a melhor forma de fornecer informações sobre mudança de hábitos. Aproveitar a atmosfera descontraída de um cruzeiro para protagonizar essa interação foi extremamente proveitoso, sem pontos negativos, já que o foco do Instituto Lado a Lado pela Vida não é tratar sobre doenças: é disseminar os conceitos de qualidade de vida e mudança de hábitos.

O artigo foi útil para você?

Junte-se a mais de 20 mil colegas e receba as últimas notícias no seu e-mail.

Compartilhe