Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Depois de 500 anos, Brasil é descoberto pelo mercado da medicina

Publicidade

O momento nunca foi tão promissor para a indústria da saúde como atualmente.

O cenário proposto pelas políticas públicas sobre investimento no setor vem redobrando a atenção das grandes, médias e pequenas empresas submetidas ao regime de vigilância sanitária. E a pergunta que se deve fazer é: será que o país está mesmo preparado para receber esses investimentos? Será que o setor público, tal como os particulares, também estão investindo em suas estruturas para atender tamanha demanda? Será que o fluxo de informações a serem veiculadas pelos dois lados do balcão está sendo o mesmo?

Como profissional consultor venho acompanhando planos de investimentos de capital estrangeiro no setor e, em razão disso, me permito traçar algumas críticas.

O mercado investidor está sim preparado para expandir seus negócios e vem cumprindo seu papel. Suas investidas estratégias e financeiras crescem ao passo que o país se torna porto seguro dentre tantos outros cenários inseguros.

Depois de 500 anos, finalmente, o Brasil vem sendo descoberto pelo mundo da medicina. Seus avanços tecnológicos e financeiros tem traçado um campo fértil para o investidor.

No entanto, a estrutura pública vem deixando de fazer sua lição de casa. Nota-se um despreparo intelectual pleno em suas repartições; fator que vem gerando um atraso significativo no crescimento certo desses investimentos. Sente-se um gigante despertando para o sucesso limitado por sua retrógada estrutura pública intervencionista.

A conta vem sendo paga a preços altos e o Estado, mais uma vez, atrasando o desenvolvimento na contramão do progresso.

Alguém por aí jurou a bandeira algum dia?

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta