Atenção! Já solicitou sua credencial gratuita para o Hospital Innovation Show? Não, solicitar agora!

Como conseguir investimento para uma Startup de Saúde crescer?

Créditos: shutterstock
Publicidade

Idéias boas surgem todos os dias, mas levá-las adiante e transformá-las em um produto de uma Startup de sucesso já não é tão comum assim. E uma das grandes reclamações dos empreendedores para não conseguirem alcançar o sucesso é a dificuldade em captar investimentos para tirar suas ideias do papel.

Mas afinal, como chamar a atenção de investidores? Aliás, quem são os investidores que nós empreendedores devemos buscar em cada fase do nosso negócio?

Bem colegas empreendedores, o processo de captação de investimentos requer muito planejamento e cuidado, e na grande maioria das vezes deve ser acompanhado de perto por um bom advogado que entenda do assunto.

1.Entenda a sua real necessidade de capital

Lembre-se, o ideal é não precisar de investimentos, principalmente no começo, quando dificilmente um investidor aceitará entrar na empresa sem uma boa fatia do seu negócio (o que é normal, já que no início a Startup tem um alto grau de incertezas, logo o risco é alto).

Ok, mas quando buscar investimento? Sua empresa chegou em um ponto onde não consegue seguir adiante com o desenvolvimento do produto ou precisa ganhar mercado mais rapidamente e o principal entrave para esses problemas é o dinheiro? Se a sua resposta é sim, então chegou a hora de buscar um investidor.

Agora que você sabe que precisa de investimento, busque entender quanto realmente você precisa, no que será gasto, em quanto tempo esse dinheiro se esgotará e quanto de participação está disposto a oferecer ao investidor. Fique atento a essa etapa, pois uma necessidade de capital mal planejada pode fazer com que o dinheiro acabe antes do seu objetivo ser concluído.

2.Qual tipo de investidor devo buscar?

Se você já tem na ponta da língua quanto você precisa e como será gasto esse investimento, busque entender qual é o perfil de investidor que você está procurando.

Neste fase você deve avaliar dois atributos: montante de capital a ser captado e características do investidor que você precisa.

Com relação as características, muitas vezes buscamos não apenas um investidor que tenha dinheiro, mas também alguém que seja Smart para a Startup, ou seja, que possa contribuir com competências que auxiliam o negócio a crescer, seja conhecimento sobre o mercado, influência com clientes e parceiros, mídia, etc.

Segundo Yuri Gitahy, especialista em Startups, com relação ao montante de capital os investidores podem estar divididos em:

  • Angel Money: Procuram empresas nascentes e investem entre R$ 50 mil e R$500 mil reais.
  • Seed Capital: Normalmente procuram empresas que já tenham produtos e clientes, mas que precisam de investimento para se estabelecerem no mercado. Investem de R$ 500 mil e R$ 2 milhões.
  • Venture Capital: No Brasil os fundos de VC, procuram empresas que já faturam alguns milhões e que precisam crescer. Normalmente o investimento varia entre R$ 2 milhões e R$ 10 milhões no Brasil.
  • Private Equity: Focados em operações de fusões e vendas em grandes empresas, que normalmente faturam mais que R$ 100 milhões de reais. Os investimentos são bem maiores que R$ 10 milhões de reais.

Como o foco dessa matéria são empreendedores que estão iniciando suas empresas, no começo uma das melhores alternativas para captar dinheiro são pessoas do círculo de amigos e familiares. Embora muitas vezes não possam contribuir com conhecimento para o negócio, é uma maneira mais rápida de se captar capital e sem comprometer muito da sua participação na empresa. Porém lembre-se, transparência com relação aos riscos e formas de retorno desse investimento são importantes para evitar conflitos mais adiante.

3.Busque apresentar os pontos chave do seu negócio

Definido o tipo de investidor, tente entender quais pontos do negócio são importantes para ele definir se irá investir ou não no seu negócio. Muitas vezes empreendedores ficam horas contando sobre as inúmeras funcionalidades do seu produto quando o que realmente interessa para o investidor é o modelo de negócio, forma de monetização, prazo de retorno, experiência da equipe, etc.

Clique aqui para acessar a matéria da Anjos do Brasil que fala sobre os pontos que devem ser apresentados ao investidor.

4.No segmento da Saúde, onde encontrar investidores?

Participar de editais e eventos voltados a startups e inovação, como o Sinapse da InovaçãoCircuito Albert Einstein de StartupsPrêmio Empreenda Saúde do Hospital Sírio Libanês e o Health 2.0 Latin America, são boas formas de validar seu negócio, divulgar a marca da sua empresa e encontrar investidores da área que você atua. Além disso, editais como o Sinapse da Inovação e o Prêmio Empreenda Saúde oferecem premiações em dinheiro, o que faz com que sejam excelentes maneiras de captar os recursos financeiros que a Startup precisa.

O potencial da saúde ainda é pouco aproveitado, o que faz com que fundos de investimento e aceleradoras fiquem de olho em Startups que possam surgir nesse mercado.

Existem acelerados totalmente voltadas a Startups de saúde, como por exemplo a Berrini Ventures, porém outras aceleradoras como a 21212, do Rio de Janeiro, também estão ligadas no segmento de saúde.
Lá fora existem diversas aceleradoras e fundos, mas a mais consolidada é a Rock Health, que possui inúmeras Startups de Saúde no seu portfólio, bem como parceiros estratégicos para ajudar no crescimento das mesmas.

Quer conhecer um pouco mais sobre o crescimento do mercado de Saúde Digital norte-americano? Então clique aqui.

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta