Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

Avisaram os russos?

Publicidade

Já é clássica a história do Garrincha na Copa do Mundo de 1958. O jogo era contra a União Soviética. Reza a lenda que o técnico Feola orientava os jogadores da seguinte forma: ?Nilton Santos e Zito e lançam para Didi no meio do campo. Didi dá um passe de cinqüenta metros para Garrincha na ponta direita. Garrincha dribla dois defensores e cruza para Vavá na entrada da área. Entenderam?? Perguntava o técnico. Ai Garrincha falou: ?Só uma dúvida, seu Feola. O senhor combinou isso com os russos??

 

Não quero, de maneira nenhum, colocar as fontes pagadores e medicos como ?os russos nesta história?.. mas muito se trabalha com conceitos de farmacoeconomia ? custo efetividade, custo utility e custo benefício ? sem dar a pertinente importância para os prestadores e prescritores.

 

Nos deparamos muitas vezes com resultados de estudos de economia da saúde que, na prática, pouco contribuíram para adoção ou regulação de tecnologias simplesmente porque o prestadores do serviço ou prescritor claramente não tinham interesse nesta informação.

 

Ciente destas dificuldades, a Sociedade Internacional de Farmacoeconomia  e Estudos de Desfecho (ISPOR) tem ampliado a participação e dado mais voz para estes stakeholders. Os comitês de Pagadores e Formadores de Políticas de Saúde e de Provedores de Saúde pretendem desenvolver projetos práticos de identificação de necessidades destes atores.

 

Bom? já é um passo importante?. Já estão falando com o russos. A facilidade é que, neste jogo, todos tem mesmo objetivo: garantir acesso a boa medicina com orçamento sustentável.

 

Sugestões são bem vindas!

 

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta