Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

As Alegrias e Dissabores de um Terreno Inadequado

Publicidade

 As Alegrias e Dissabores em Comprar um Terreno Inadequado!!!  Esta novela tem se apresentado com uma certa freqüência em diferentes épocas, conteúdos e atores, quase sempre com um mesmo final melodramático: Primeiro ato ? Grupo médicos se unem para amealhar capital para lastrear a edificação de um hospital ou mesmo uma clínica. Mês a mês a poupança vai aumentando seu valor e entendem os cotistas ser melhor adquirir um terreno, pois uma propriedade deve valorizar mais que uma poupança, alavancando a relização futura.  Segundo ato ? A alegria da compraSurgem propostas de diferentes sócios, quanto a área do terreno, a sua localização e suas facilidades, em grande maioria das vezes próximo dos seus consultórios e afastado dos futuros hospitais concorrentes. Inúmeros corretores são convidados e se apresentam cada qual com a melhor área plana e metragem quadrada, cotejada com um bom preço e a sua forma de pagamento!!!, se afirmando sempre que ?lá pode-se construir um hospital!!! Depois de visitas às varias opções apresentadas, por democrática votação, se decidem pelo terreno a ser adquirido: onde acham que dá para construir um hospital, por ser o mesmo maior em área do que imaginado e mais em conta do inicialmente pensado!!!  Terceiro ato ? O espaço de cada um!Comprado o terreno e já pensando no edifício a ser projetado, cada cotista ou grupo de médicos especialistas emite seu desejo quanto ao espaço de trabalho necessário, apresentando os requisitos para atuar, prestando os serviços de sua equipe. Estruturados os pleitos dos integrantes da sociedade, procura-se um arquiteto que ofereça seu trabalho rapidamente e pelo menor preço, para concepção das ?plantas? do edifício a ser construído no terreno!  Quarto ato ? O peru no pires!Um comitê de sócios apresentou ao arquiteto eleito, a listagem dos compartimentos que entende necessária para acolher todos os serviços a serem prestados à comunidade de usuários, acompanhada por uma planta do terreno adquirido. Analisando o ?programa físico? apresentado, e consultada a municipalidade quanto as restrições legais à edificação no terreno, concluiu o arquiteto e que para tanto argumentou aos interessados, que as demandas superavam tanto a área quadrada permitida, como as dimensões da projeção do edifício. Ou seja, ?as áreas solicitadas excediam as permitidas!!!?. Sem contar o desapontamento do grupo pela exigência de vagas de estacionamento em número proporcional à metragem edificada!!! Quinto ato ? EpílogoPor mais coeso que se apresentasse na sua origem o grupo de médicos e os outros profissionais de saúde dele integrantes, o insucesso da iniciativa resultou frustrações, desapontamentos e mesmo desentendimentos mais acirrados, que provocaram uma fissura entre os pares e um gélido esmorecimento no objetivo inicial!!! Vamos vender o terreno e dividir o valor entre os cotistas!!!  Sexto ato ? Legado!!!Como o foco é construir e fazer operar um edifício de saúde entendem alguns mais desavisados sobre o ?como empreender? que o passo primeiro é deter a posse de um terreno sobre o qual será erguido o edifício.  Requisitos para o sucessoDefinir com clareza:

  • Qual será nosso negócio
  • O que forneceremos e para quem
  • Como produziremos o serviço
  • Onde localizar o terreno do edifício
  • Qual a dimensão e provável custo da edificação
  • Qual a metragem adequada do terreno, analisadas suas restrições de uso do solo decorrentes da localização no contexto urbano.

 A cada momento as decisões sobre atividades empresariais em Saúde exigem dos empreendedores procedimentos estruturados e que conduzam progressivamente a um sucesso, criando expectativas e ambientes consentâneos com as demandas da sociedade por melhor saúde!         

Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta