🚀 HIS 17 Última chance: Mais de 5.000 inscritos! E você? Já emitiu sua credencial gratuita Clique aqui

Aprendendo a faturar SUS gratuitamente

Publicidade

Vou pedir licença para fazer uma divulgação aqui no blog … mas quem ler vai confirmar que é por uma boa causa.

Está disponível para download gratuito o meu livro Modelo GFACH-FATSUS – Gestão em Faturamento SUS, que sem nenhuma modéstia é a única publicação desenvolvida para gestores que querem entender a Tabela SIGTAP do SUS, em todos os seus capítulos e nuances, e com foco em maximizar a receita hospitalar, evidentemente sem cometer nenhuma espécie de delito.

A motivação para escrever o livro eu comentei em posts anteriores: mais de 90 % das pessoas que trabalham em faturamento e estatísticas hospitalares, e dos gestores das áreas hospitalares onde a receita é gerada, nunca teve um curso sobre a Tabela SIGTAP. Em todos os cursos que dei sobre o tema um comentário sempre foi unânime ao final: “eu não tinha ideia da dimensão da Tabela, e de tudo que se pode aproveitar dela não só no faturamento, mas na gestão hospitalar”.

Pois é – anos depois da sua publicação e ainda tem gente que é uma tabela de preços tipo CBHPM, ou AMB, ou Brasindide, ou Simpro !!!

Como as pessoas não tiveram tempo de estudar seus capítulos, primeiro nem imaginam o que significam os capítulos, e consequentemente não sabem o que tem dentro deles … então como podem faturar direito, ou aproveitar o que ela oferece para a gestão hospitalar ?

O livro discorre sobre a tabela, e sobre como se deve organizar os processos relacionados à formação das contas nos hospitais, clínicas e demais serviços de saúde, e tem como foco principal disseminar a cultura de que não se deve somente registrar itens que tem valor – os itens com valor = 0 são tão importantes como os demais, primeiro porque é a única forma que o SUS tem para apurar a produção dos serviços de saúde, e segundo porque se utilizar todos os recursos que a tabela oferece, o hospital pode utilizar os arquivos de faturamento como ferramenta de gestão, obtendo dele uma grande gama de relatórios de produção e estatísticas que quando são produzidas em outras fontes e formas acabam consumindo muitos recursos da administração (são caras) e ainda não oferecem confiabilidade (invariavelmente produzem números “imbatíveis” … não batem com nada!!!).

Para fazer o download não é necessário login, senha ou coisa do tipo … é só entrar, navegar e fazer o download !!!

A página também disponibiliza um curso gratuito que pode ser feito à distância. É uma INSTRUÇÃO PROGRAMADA, em que o interessado baixa um simulado de prova de proficiência e conforme vai lendo o livro vai respondendo as questões. Ao final manda as respostas para mim (autor do modelo) que faço a avaliação e devolvo … gratuitamente … totalmente gratuitamente.

Esta instrução programada foi desenvolvida pensando em milhares de pessoas que trabalham longe de São Paulo e não podem fazer nossos cursos presenciais, e para os que moram em qualquer lugar e não têm condições de pagar por um curso presencial. Infelizmente, por falta de patrocínio, só tenho conseguido montar uma turma por ano para oferecer gratuitamente para pessoas nestas condições … então a opção deles é a Instrução Programada – nas demais disciplinas que também ministro aula e que também têm modelos na Internet, milhares de pessoas já estudaram gratuitamente.

Somente se o interessado desejar um certificado haverá custo. Vai fazer uma prova de 50 questões (não tem moleza alguma) e se tiver 70 % de aproveitamento recebe o certificado. Como também não temos patrocínio para isso, para cobrir as despesas deste processo somos obrigados a cobrar uma taxa.

Mas reforçando … o livro e a instrução programada são absolutamente gratuitos.

Aproveite, e divulgue para quem necessita – se os hospitais, especialmente os públicos e as santas casas, aprenderem a faturar direito terão mais recursos para tratar mais pacientes, porque como estamos cansados de saber, tem muito dinheiro no sistema, e boa parte dele não chega no destino porque quem presta o serviço não sabe cobrar, e sistema nenhum do mundo resolve este tipo de coisa – é como carro: para andar na direção certa alguém tem que dirigir !!!!

       
Publicidade

Deixe uma resposta