Referências da Saúde Quem foram os premiados da edição 2016? Confira agora

ANS por favor: deixe o mercado em paz !

Publicidade

 Manchete de ontem no SaudeBusinessWeb:

“ANS criará consulta pública sobre descontos nos planos de Saúde.Objetivo é incentivar a participação da sociedade em programas de maior cuidado com a saúde.”

Quando a gente pensa que chegou ao fundo do poço, descobre que tem alguém cavando de baixo para cima !É mais ou menos a mesma coisa que aconteceu com o seguro do automóvel:

  • Custava 10 pra todo mundo;
  • Começaram a dar desconto para os carros que dormiam na garage ? passaram a pagar 8, enquanto os demais continuavam a pagar 10;Depois aumentaram o preço dos que dormiam na garage para 10 e ou outros passaram a pagar 12.
  • … porque os ladrões continuaram a roubar o mesmo volume de veículos (não diminuiu o numero de ladrões), e o volume de carros que dorme na garage e tem seguro é pequeno em relação aos demais … que passaram a pagar por todos !!!

Vamos combinar que na semana em que os médicos articularam o maior movimento já visto em saúde suplementar para reivindicar remuneração mais justa, ver as manchetes divididas com uma proposta que caminha na direção contrária não tem graça nenhuma.Continuo creditando os erros da ANS ao fato de que ela não tem competência para tratar de assuntos tão abrangentes e antagônicos.1º Prevenção à saúde deve ser atribuição exclusiva do Ministério da Saúde, porque todo associado da saúde suplementar utiliza algum serviço público, mas a maioria dos usuários do SUS não usa qualquer tipo de serviço em saúde suplementar … e a ANS só enxerga a saúde suplementar ? mesmo que tente fazer mais que isso não conseguirá (e dá mostras que não consegue nem entender isso).2º Não é possível cuidar da relação entre o segurado e a operadora e ao mesmo tempo da relação entre a operadora e o serviço de saúde:

  • São atividades antagônicas ? a operadora ganha quanto menos o segurado usar o serviço de saúde … e o serviço de saúde só ganha se o segurado estiver ?estrupiado? ? precisando muito do serviço de saúde;
  • A relação operadora/segurado é 100 % saúde suplementar, mas quase 100 % dos serviços de saúde se relacionam tanto com operadoras quanto com o SUS, portanto suas atividades extrapolam a saúde suplementar da ANS.

Passou da hora da ANS passar a se preocupar apenas com a relação segurado/operadora (a única 100 % saúde suplementar), mas sem truques milagrosos ou ações que não deram certo no mundo da SUSEP/Seguros: se restringir a tabular de forma adequada quanto custa o serviço e quanto se deve cobrar do associado.Que venha outro órgão que entenda as diretrizes da saúde suplementar e do SUS para regular a relação operadora/serviço de saúde ? está fazendo muita falta.E em relação à prevenção à saúde chega de amadorismo:

  • Ministério da Saúde: por favor cumpra seu papel e determine que apenas seus órgãos especializados em saúde pública se aventurem neste assunto;
  • ANS: pede pra sair !
Publicidade

Notícias como essa no seu e-mail

Faça como mais de 20.000 profissionais do setor de saúde e receba as últimas matérias no seu email.

Deixe uma resposta